Selo Novembro Black Astrea Até 50% OFF, confira o regulamento

‼️ Até 50% OFF*‼️ Conquiste o software jurídico líder em gestão de escritórios! Até 50% OFF* no Astrea Quero meu desconto

O que é newsletter jurídica e como fazer

Como e porquê utilizar uma newsletter jurídica para impulsionar sua advocacia

15 out 2021
ìcone Relógio Artigo atualizado 15 out 2021

Uma ótima maneira de manter uma proximidade de seus clientes e fidelizar eles através de conteúdos relevantes, é trabalhando periodicamente uma newsletter jurídica.

Através dela é possível manter seus clientes e prospects informados, além de ser uma maneira de ser sempre lembrado por eles. Desse modo, caso precisem de algum serviço jurídico, a primeira pessoa que virá à cabeça será você e seu escritório.

Nesse artigo, vamos te mostrar o que é uma newsletter jurídica e qual a sua força, como aplicar essa estratégia na prática e ainda algumas dicas, para te guiar nesse processo de atração e retenção de clientes. 😉

Leia mais sobre inbound marketing para advogados aqui no Portal da Aurum!

O que é uma newsletter jurídica?

Antes de segmentar essa ferramenta de inbound marketing, vamos contextualizar ela num âmbito geral para que seja mais fácil a visualização e posteriormente segmentamos para como é a newsletter na advocacia.

O inbound marketing é um conjunto de estratégias de marketing digital que tem como o objetivo fazer a atração de clientes por meio de conteúdos textuais, em sites, blogs, redes sociais e demais canais da internet.

Dentro desse cenário, temos como uma das ferramentas mais eficientes a newsletter. Ela nada mais é que o envio de conteúdos para o e-mail de uma lista de clientes previamente selecionada, feita de uma maneira periódica e com informações selecionadas à dedo.

O envio pode ser das principais notícias da semana, artigos de relevância ou até mesmo textos criados internamente por seu escritório, com informações relevantes para nutrir os seus clientes e futuros clientes.

E no marketing jurídico isso não seria diferente. Como as estratégias de atração no direito são bem reduzidas, podemos encontrar na newsletter para advocacia um ótimo espaço para trabalhar com um pouco mais de liberdade e com um contato direto com os clientes.

Como não podemos falar que é uma ferramenta direta de vendas, as leis do Código de Ética da OAB são mais brandas. Assim, dando mais espaço para compartilhamento de vídeos institucionais, avisos e outras informações relacionadas ao advogado e seu escritório.

Depois de ler nosso artigo sobre e-mail marketing para advogados, você deve estar reparando várias semelhanças entre as duas ferramentas. E, elas realmente têm seus pontos em comum.

Mas, é muito importante destacar que são duas estratégias distintas e que devem ser utilizadas de maneiras diferentes. Para que não haja nenhuma dúvida sobre as semelhanças e diferenças entres os dois temas, vamos trazer algumas informações que vão deixar claro como diferenciar ambas as estratégias.

Qual a diferença entre a newsletter jurídica e o e-mail marketing para advogados?

Se formos parar para observar de uma maneira geral, vamos encontrar diversas semelhanças entre as duas práticas e isso não é algo surpreendente. Isso porque uma ferramenta completa a outra, mas de maneiras bem diferentes, principalmente quando falamos do mercado jurídico.

O e-mail marketing é trabalhado de maneira mais incisiva e direta, muitas vezes com um objetivo bem claro de ofertar produtos, promoções e fazer uma venda direta. Até porque suas listas são compostas por cadastros em e-commerces, em sua grande maioria.

E nós já sabemos que essa relação entre marketing e venda é expressamente proibida na advocacia, podendo levar a punições severas pelo Código de Ética da OAB. Dessa maneira, a newsletter para advogados pode ser uma das melhores estratégias de atração e fidelização de clientes.

Outro diferencial entre as duas ferramentas é a periodicidade. Ambas exigem um cronograma de divulgação, mas ao contrário do e-mail marketing, na newsletter jurídica a regularidade dos envios é algo essencial, funcionando como um boletim quinzenal ou semanal.

Alguns exemplos de conteúdos que podem ser compartilhados através de uma newsletter são:

  • Artigos jurídicos;
  • Notícias relevantes;
  • Vídeos institucionais;
  • Novidades do escritório;
  • Informações sobre processos.

Benefícios de produzir uma newsletter jurídica?

Como já foi citado anteriormente, pelas condições de uso essa pode ser uma das melhores estratégias dentre as várias possibilidades que o marketing oferece para o mercado jurídico. Dessa maneira, podemos citar alguns benefícios bem claros.

Mas vale lembrar que o retorno depende inteira e unicamente do projeto e planejamento por trás, da sua lista de contatos e produção de conteúdos que vão levar à divulgação das newsletter na advocacia.

Abaixo, vamos listar algumas dessas vantagens para exemplificar que o investimento nessa ferramenta pode ser muito rentável:

1- Atração e fidelização de clientes

A partir de um mailing qualificado (lista de contatos), você consegue compartilhar conteúdos relacionados ao seu serviço. Como por exemplo case e informações institucionais, a fim de criar um interesse por parte dos seus contatos que ainda não possuem um advogado.

Ainda nessa linha, através de notícias, artigos e mensagens de datas comemorativas, por exemplo, é possível gerar um maior relacionamento com os seus clientes e mostrar que você se importa com ele e não apenas com negócios. Assim, criando uma relação mais próxima e fidelizando o cliente.

https://www.aurum.com.br/blog/wp-content/uploads/2021/10/ad-selo-final.svg
DESCONTOS EXCLUSIVOS
Conquiste o software jurídico mais desejado do Brasil pelo menor preço
Quero meu desconto

* Conforme condições do regulamento

2- Alto custo benefício

Se pensarmos no valor do investimento para essa estratégia, pode parecer algo a se pensar. Pois apesar de ser mais baixo que outras estratégias de marketing jurídico, ainda é necessário contratar uma plataforma e gerar conteúdos de qualidade.

Como a vida profissional de um advogado é bem corrida, contratar um profissional especializado pode ser a melhor opção. Isto é, principalmente tendo em vista o valor que seria investido no profissional, quando se comparado ao valor dos possíveis contratos futuramente fechados.

3- De acordo com as normas da OAB

Ao contrário de algumas outras estratégias de marketing jurídico, como anúncios e promoções, a newsletter para advogados é uma ferramenta que possui menos vedações ou quase nenhuma, com relação ao código de ética da OAB.

Como o foco é oferecer conteúdos relevantes e objetivos, as possibilidades são mais amplas. Basta se abster dos excessos e ofertas/promoções e focar sua estratégia em nutrir os clientes, com sabedoria e conteúdos de qualidade, o que está totalmente de acordo com as regras vigentes no código.

4- Aumentar a relevância do serviço

Em um mercado tão concorrido e onde as ações de marketing são limitadas, um dos maiores bens de um escritório de advocacia são sua relevância e a qualidade do seu serviço.

Pensando nisso, a newsletter jurídica pode ser um ótimo meio para gerar mais relevância para você e seu escritório. Todo conteúdo de relevância compartilhado é uma nova afirmação da qualidade oferecida, seja pela qualidade dos serviços prestados ou do atendimento diferenciado.

Como fazer uma newsletter jurídica?

Essa estratégia pode parecer bem simples, e realmente podemos afirmar que não é nenhum bixo de sete cabeças, entretanto, ainda sim é fundamental se embasar bem ou procurar por um profissional com experiência na área.

Por ser um meio que irá falar por seu escritório, é necessário todo respaldo e cautela. Pois, tudo o que for divulgado terá uma ligação direta com o seu nome e seu serviço o que pode ser a maior vantagem da newsletter. Mas, se for mal aplicada, pode te levar a ser punido pelo código de ética da OAB.

Para iniciar, é necessário ter um mailing de qualidade, selecionado e o mais importante, com a autorização prévia de todos que se encontram na lista. Isso pode ser feito através de formulários em seu site, inscrição para download de e-books ou até mesmo através de listas coletadas em workshops.

Ou seja, você precisa selecionar pessoas que tenham interesse nos conteúdos que você irá compartilhar e que tenham autorizado os envios das mensagens. A partir de um público definido, já é possível segmentar melhor os temas que serão trabalhados.

A partir dos conteúdos selecionados previamente, é hora de fazer um planejamento dos envios. Seja semanal, quinzenal ou mensal, o mais importante é criar um cronograma e seguir à risca.

Como você está oferecendo conteúdos agregadores, os seus clientes e prospects já estão se programando para receber tais, por isso é de suma importante seguir a periodicidade previamente planejada.

Para ficar mais claro, vamos trazer algumas dicas sobre o tema, assim você terá na prática alguns exemplos de técnicas, que se forem seguidas corretamente, podem trazer um retorno muito interessante para o seu escritório: 

Conteúdos relevantes

Independentemente se você irá produzir os artigos, se irá gravar o vídeo ou se buscará por novidades do âmbito jurídico para compartilhar, é fundamental selecionar conteúdos relevantes e que venham a agregar algo para quem vá ler.

Isso se deve pelo fato de que você está fazendo uma troca, você oferece informações interessantes e como retorno espera um maior engajamento, seja com relação a outras mídias ou até mesmo com a contratação de serviços posteriormente.

Cronograma de postagem

Como já citado acima, é muito importante trabalhar um cronograma de publicações. Mas, isso não se deve somente ao fato de que os clientes se programaram para consumir o conteúdo, como também é uma ótima prática para se organizar.

Se você prepara um cronograma mensal de publicações, você vai chegar no dia do envio e terá apenas o trabalho de selecionar os contatos e fazer o envio. Já que os conteúdos já foram preparados e revisados, evitando estresse e garantindo a excelência nos envios.

Estética dos envios

Por mais que o objetivo principal seja a parte textual da newsletter jurídica, é de grande importância que você tire um tempinho para trabalhar a parte do design e do layout de cada envio.

Seja através de um template previamente definido ou de artes personalizadas para cada assunto, é importante trabalhar algo mais elaborado, mas que ainda sim seja simples e objetivo. 

O público sempre repara no trabalho que você teve para produzir tal conteúdo, mas sem lembre, não faça nada extravagante para não ferir o código de ética.

Trabalhe com CTA’s

Mais conhecido como “Call to Action” ou chamada para ação, consiste em adicionar links ou botões que tenham como objetivo encaminhar o leitor para um outra leitura relacionada a algum termo do seu conteúdo.

Ou seja, além de prender a atenção do leitor em seu texto, você ainda abre espaço para que ele navegue por outros conteúdos criados por você. E, assim, agregar ainda mais na leitura e gerar mais engajamento e relevância para o que você compartilha.

Use as métricas

Através das ferramentas de métricas oferecidas por sua plataforma de envio da newsletter para advogados, você consegue mensurar quais os envios trouxeram maior retorno e qual interessou mais ao público.

Com isso, você pode fazer planejamentos futuros, visando oferecer sempre os conteúdos que tiveram maior engajamento, otimizando os envios. 

Outro detalhe é que a partir dessa aferição, é possível identificar clientes insatisfeitos com os envios, fazendo com que seja possível trabalhar com quem realmente tem interesse.

Conclusão

Depois de conhecer um pouco mais sobre essa ferramenta, ver seus diferenciais e até algumas dicas, fica claro como essa pode ser uma das ferramentas de marketing jurídico mais eficiente e adequada ao código de ética da oab..

Através dela, é possível:

  • atrair novos clientes;
  • fidelizar os que já temos contato;
  • consolidar a imagem do seu escritório através de conteúdos bem planejados e com um cunho informativo relevante.

Dessa maneira, é possível ter um novo canal de comunicação com o público. Isto é, sem que seja diretamente pelas redes sociais, onde ainda é de certa forma limitado para a área da advocacia.

Mais conhecimentos para você

Se você quiser continuar a leitura, selecionei alguns assuntos que podem te interessar:

E aí, o que achou do conteúdo? Ficou com alguma dúvida? Deixe nos comentários! Vamos adorar responder ????

Gostou do artigo e quer evoluir a sua advocacia?

Assine grátis a Aurum News e receba uma dose semanal de conteúdo no seu e-mail! ✌️

Ao se cadastrar você declara que leu e aceitou a política de privacidade e cookies do site.

Alexandre Lopes
Social Social Social Social

Sou formado em Desenvolvimento de Sistemas, Marketing Estratégico e Marketing Digital - UniBH. Trabalho na área de Marketing desde 2009. Com o conhecimento que adquiri em mais de uma década de experiência com publicidade e internet, no ano de 2018...

Ler mais
Tem algo a dizer?

Deixe seu comentário e vamos conversar!

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Bullets
aurum recomenda

Conteúdos para elevar sua atuação na advocacia

Separamos os principais artigos sobre advocacia e tecnologia para você!

Ícone E-mail

Assine grátis a Aurum News e receba uma dose semanal de conteúdo gratuito no seu e-mail!

Ao se cadastrar você declara que leu e aceitou a política de privacidade e cookies do site.
Selo Novembro Black Astrea Até 50% OFF, confira o regulamento