Timesheet para advogados: Mais produtividade no seu escritório

Aumente a sua produtividade com timesheets para advogados

Comentar
Recomendar

Não é de hoje que o assunto “gestão de escritórios de advocacia” está em alta. Cada vez mais profissionais têm percebido a necessidade de se atualizar e gerir seus escritórios como uma empresa, que precisa ser produtiva, gerar lucro e oferecer um atendimento ao cliente de qualidade.

Para isso, também é importante acompanhar as novidades em termos de ferramentas de gestão jurídica, como o timesheet para advogados.

No texto de hoje, minha estréia aqui no blog da Aurum, vou falar um pouco sobre essa ferramenta e mostrar como os timesheets podem te ajudar a elevar a produtividade do seu escritório, trazendo mais ganhos e mais tempo para você e seus colaboradores. Olha só:

Como organizar o seu escritório com o timesheet para advogados

Os timesheets para advogados consistem no controle diário das horas de trabalho. Simples assim. Mas para que serve esse controle?

O timesheet para advogados proporciona um acompanhamento real de suas atividades dentro e fora do escritório de advocacia. Com esses dados, você vai ter controle sobre quantas gasta redigindo documentos jurídicos, no atendimento ao cliente, em atividades administrativas ou nas outras inúmeras situações que surgem no dia a dia do advogado e do escritório de advocacia.

A grande sacada para o advogado é perceber onde estão os gargalos. Ou seja, quais atividades consomem muito tempo e lucram pouco. Assim, o profissional pode gerir melhor o tempo e a lucratividade do escritório.

Então quer dizer que seus timesheets podem render lucros? Sem dúvidas! A partir do momento em que a sua rotina está devidamente baseada nas suas horas de trabalho, você vai saber exatamente onde estão indo seus esforços. E, com essas informações, basta gerenciar melhor sua rotina.

O timesheet para advogados é perfeito para o advogado empreendedor que não tem tempo para retrabalhos, que busca uma qualidade superior de seus trabalhos e que sabe onde investir seu recurso fundamental, seu tempo.

O tempo, inclusive, é um fator decisivo para mensurar a lucratividade de um escritório. Para saber se a banca vai “vingar” mesmo. E neste sentido, o uso do timesheet para advogados de forma eficiente é uma estratégia pontual e muito fácil de implementar na rotina dos advogados.

Software Juridico Astrea
Garanta segurança e produtividade na sua rotina com o novo plano do Astrea conhecer o plano light

Timesheets também são importantes na cobrança de honorários

Quem usa o Astrea, como eu, por exemplo, sabe que existe essa possibilidade de acompanhamento das rotinas do escritório, inclusive com a possibilidade de fazer cobranças por hora. Em poucos cliques é possível gerar esses relatórios.

Aliás, os timesheets tem um papel muito importante na precificação dos honorários. No seu texto sobre contrato de honorários advocatícios, o Fernando Cascaes falou um pouco sobre isso. A Aurum disponibiliza também um ebook de como cobrar os honorários advocatícios.

Além disso, para quem está começando na advocacia e quer evoluir a organização do escritório, o plano Light do Astrea, apesar de não contar com o timesheet, possui outras funcionalidades para gestão do seu escritório e é gratuito por 1 ano. 😉

COMECE A USAR O ASTREA GRÁTIS E SEM COMPROMISSO

Diante do que expus, podemos concluir que o timesheet é uma ferramenta de gestão muito importante para os advogados que desejam mensurar as horas de trabalho e fazer um real acompanhamento das atividades realizadas em seus escritórios, principalmente para descobrir se estão se dedicando às atividades que, de fato, dão o maior retorno, de acordo com o planejamento do escritório.

E se quiser saber mais sobre o software líder de mercado, recomendo os seguintes conteúdos:

_

E você, como se mantém produtivo e faz o controle das horas trabalhadas no seu escritório? Conte para a gente nos comentários!

Finalmente
chegou a hora de crescer sua advocacia!

Com o Astrea você automatiza sua rotina jurídica e ganha tempo para colocar planos em prática

Comece grátis
Comentar
Recomendar
Vamos continuar a conversa?

1 comentário