Inteligência artificial na advocacia: Como aproveitar o melhor da tecnologia

Inteligência artificial na advocacia: Como aproveitar o melhor da tecnologia

Comentar
Recomendar
Para muitos advogados, tecnologias como a inteligência artificial, criptografia, blockchain, robótica, automação e big data têm um potencial libertador. E há também quem tema esse excesso de informação. O fato é que a tecnologia e a inteligência artificial na advocacia vieram para ficar, mas ainda são utilizadas de forma tímida pela maioria dos advogados.

A maioria dos profissionais apenas transfere suas tarefas dos meios físicos para os digitais, sem realmente aproveitar o potencial dessas ferramentas.

Tecnologia e inteligência artificial: o que isso tem a ver os advogados?

Segundo pesquisa realizada pela AB2L (Associação Brasileira de Lawtechs & Legaltechs), “37% dos advogados consideram que o escritório ou empresa onde trabalham não utiliza ferramentas tecnológicas para o desenvolvimento de suas atividades e 88% dos profissionais consideram que o local onde trabalham pretende utilizar soluções de lawtechs no futuro próximo para auxiliar nas demandas internas”.

Mas como aproveitar a inteligência artificial na advocacia?

Uma opção que deve estar cada vez mais presente na rotina dos advogados é a inteligência artificial e os “robôs-advogados”. Com ferramentas que automatizam tarefas cotidianas, sobra mais tempo para que o profissional se dedique a desenvolver novas teses jurídicas, conquistar novos clientes e melhorar seu networking com outros profissionais. Ou seja, enquanto as máquinas fazem o trabalho “braçal”, o advogado pode exercitar habilidades que apenas o cérebro humano possui: capacidade analítica, criatividade e competências sociais, entre outras.

Esse assunto também foi abordado em uma reportagem recente da revista Veja. De acordo com a revista, os assistentes virtuais vão cuidar de tarefas rotineiras, que não exigem as mesmas habilidades que um bom advogado adquire com a experiência. Na visão dos economistas entrevistados pela reportagem, o que determina se uma profissão irá ser substituída por um software não é o trabalho manual propriamente dito, mas se as tarefas executadas pelas pessoas são repetitivas.

Ou seja, a análise de documentos e jurisprudências, por exemplo, podem ser feitas pela inteligência artificial ou pelo “robô-advogado”, enquanto o advogado reúne as informações encontradas e encaminha as conclusões necessárias.

Dentro dessa perspectiva, o Tribunal de Ética da OAB-SP decidiu de forma favorável a ferramentas como o “robô-advogado”. Sem esquecer, contudo, que determinadas atividades são privativas dos advogados. Essa decisão se baseia no artigo 133 da Constituição Federal de 1988, que estabelece o advogado como indispensável à administração da justiça.

Menos tempo com tarefas simples, mais tempo para prospecção de clientes

Diante disso, podemos concluir que a inteligência artificial na advocacia é na verdade um mecanismo para auxiliar os advogados em tarefas repetitivas e rotineiras. Com a ajuda da tecnologia, os advogados podem se dedicar mais ao desenvolvimento das suas melhores características: influência, persuasão, emoção e empatia.

Ou seja, o casamento entre a inteligência artificial e a advocacia é capaz de permitir não só a elevação a níveis extremos de produtividade, mas, também, na prospecção dos principais ativos de um escritório de advocacia: clientes!
Baixe aqui o nosso guia para encantar clientes usando um software jurídico

Não dá para negar que a inteligência artificial chegou para ficar. Mas calma, isso não significa o fim da advocacia! Algumas habilidades vão ser sempre exclusivas do advogado. De qualquer forma, fica o alerta: precisamos estar preparados para as mudanças que estão por vir.
_
Você está preparado para o futuro da advocacia? Conta para a gente nos comentários quais habilidades você acha que o advogado deve ter para lidar com as mudanças que estão acontecendo.
Além disso, assine a nossa newsletter e acompanhe mais conteúdos sobre tecnologia, direito e empreendedorismo para advogados!

Comentar
Recomendar
Vamos continuar a conversa?

 

    Nenhum comentário
    Destaques
    Saiba como contratar o programa para advogados que vai evoluir seu escritório
    Por Aurum

    Com tantas opções disponíveis no mercado, como escolher o programa para advogados ideal para o seu dia a dia? Se ao pensar em contratar um sistema – ou trocar aquele que contratou na época em que usar Windows 98 era a última moda – você se sente perdido, confuso e sem saber por onde começar, este conteúdo vai ser como um norte para a sua decisão. Afinal, o nosso objetivo aqui é ajudar você a clarear as ideias e mostrar que, para a tecnologia cumprir sua missão e facilitar a rotina individual e coletiva de toda a equipe, é importante […]

    Produtividade para advogados
    Por Aurum

    Se houvesse um ranking de expressões mais faladas atualmente, certamente “não tenho tempo” ocuparia um dos primeiros lugares. As dicas de produtividade para advogados são cada vez mais valorizadas justamente por que o tempo é um bem escasso e valioso na rotina moderna. Então, se você chegou aqui procurando maneiras de melhorar a sua produtividade e da equipe do seu escritório, veio ao lugar certo! A partir de agora, as suas horas acabam de valer mais. Isso porque nós (e você!) vamos dar atenção especial em como usá-las para aproveitar melhor o tempo no trabalho e ter mais tranquilidade para […]

    O Aurum Summit é o evento para advogados que você não pode perder. Em um dia inteiro de imersão no futuro da advocacia, o universo jurídico se conecta ao da tecnologia e inovação.

    Reunir, ano após ano, pessoas interessadas e dispostas a criar o futuro da advocacia. Esse foi o desafio que aceitamos ao lançar, em 2016, o evento para advogados que uniria (e uniu!) o universo jurídico ao universo da tecnologia e da inovação. Até aqui, tem dado certo e cada edição é mais surpreendente que a outra. Neste post, vou contar brevemente a história das edições anteriores e compartilhar as novidades do Aurum Summit que vem pela frente. Tenho certeza que, ao final do conteúdo, você vai ter clareza sobre os motivos para participar este ano e saber se o evento […]

    Saiba como se preparar para o futuro da advocacia
    Por Aurum

    Inteligência Artificial, Advocacia 3.0 e Blockchain. Essas palavras rondam o imaginário do advogado moderno e aparecem em muitas previsões sobre o futuro da advocacia. Os robôs vão roubar os empregos dos juristas? A justiça do futuro vai ser totalmente virtual? As especulações são muitas e de tanto tentar enxergar anos à frente, acabamos não percebendo que o futuro da advocacia, na verdade, é agora! Pensa com a gente: nos últimos anos vimos o avanço tecnológico e a chegada de jovens advogados ao mercado acelerar bastante a modernização do setor. Processos e peticionamentos eletrônicos, intimações enviadas por Whatsapp e o surgimento […]

    Você está aqui