Mais de 60.000 advogados confiam seus prazos, clientes e escritórios no Astrea +60.000 advogados confiam seus escritórios no Astrea Começar grátis no Astrea Começar grátis

Confira o que é ERP jurídico e como ele contribui para uma gestão estratégica e eficiente. >

ERP Jurídico: veja como funciona, benefícios e se vale a pena investir

ERP Jurídico: veja como funciona, benefícios e se vale a pena investir

Confira o que é ERP jurídico e como ele contribui para uma gestão estratégica e eficiente. >
2 jun 2022
Artigo atualizado 2 jun 2022
2 jun 2022
ìcone Relógio Artigo atualizado 2 jun 2022
ERP é a sigla para Enterprise Resource Planning, que em português significa Planejamento de Recursos Empresariais. Assim, ERP jurídico trata-se de um software desenvolvido para a área da advocacia, capaz de controlar todas as informações de grandes bancas e departamentos jurídicos, contribuindo para uma gestão estratégica e eficiente. 

Contar com um aliado para gerenciar o alto fluxo de informações, responsabilidades e processos desse mercado é indispensável para oferecer atendimentos primorosos. É aí que entra a tecnologia com uma solução eficiente: o uso de um software jurídico

Quer mais motivos do porquê deve investir o quanto antes em um sistema integrado de gestão empresarial para manter o seu escritório de grande porte e departamento mais organizado, competitivo e lucrativo?

 Você verá neste artigo. Boa leitura! 😊

O que é ERP Jurídico?

ERP jurídico consiste em um software que reúne, armazena e disponibiliza todos os dados de uma empresa de advocacia, integrando diversos setores e colaborando para reduzir esforços, custos e erros e padronizar ações. 

Com ele é possível gerenciar processos, contratos, prazos, questões financeiras e registros de clientes, o que significa menos ações manuais e mais tempo e segurança para analisar casos e pensar estrategicamente. 

Confira o que é ERP jurídico e como ele contribui para uma gestão estratégica e eficiente.
Veja o que é ERP jurídico e sua importância.

Qual a diferença entre um ERP Jurídico e um convencional?

Ao contrário do convencional, o ERP Jurídico é um sistema de gestão especializada, desenvolvido para atender as demandas específicas dos profissionais de escritórios de advocacia e departamentos jurídicos.

Assim, ele oferece funcionalidades e dashboards pré-personalizados de acordo com as necessidades complexas desse segmento. 

Como funciona o ERP Jurídico? 

O alto volume de processos, o suporte aos clientes e a gestão de demandas são alguns dos desafios que exigem um controle interno eficaz e preciso, e é por isso que o ERP jurídico se tornou um sistema presente em diversos escritórios. 

Ele integra os diferentes setores do negócio e permite que dados importantes de processos e clientes sejam armazenados e acessados em um único lugar. Dessa forma, garante mais autonomia e praticidade às equipes, aumentando a produtividade e qualidade dos serviços prestados. 

Se para consultar o andamento de um processo era necessário recorrer ao arquivo físico, com o ERP é possível acessar todas as informações necessárias na tela do computador. 

Mas suas funcionalidades e benefícios não param por aí. 

Quais os benefícios de um ERP Jurídico? 

Investir em um ERP Jurídico favorece as os escritórios e departamentos jurídicos em diversos sentidos.

Produtividade

Através da automatização das atividades os processos fluem muito mais rápido e sem dificuldades, promovendo a mudança cultural da gestão com as melhores práticas de mercado, o que aumenta muito os níveis de produtividade da equipe. 

Prazos cumpridos 

Um departamento jurídico é capaz de gerenciar inúmeros processos, que podem estar distribuídos por todo o país. Isso traz uma grande complexidade de gestão. 

Com o apoio de um ERP, é possível monitorar os prazos processuais, o que garante total controle sobre o cronograma de entrega para clientes, evitando atrasos e imprevistos.

Padronização de documentos 

Contratos, petições, procurações e qualquer outro documento são elaborados de forma padrão com o uso do sistema. Este método torna os processos uniformizados e bem definidos, garantindo maior controle das tarefas e qualidade na sua execução.

Integração com sites dos tribunais 

Outro ponto forte de um ERP Jurídico é a integração com sites dos tribunais, onde as informações são automaticamente colhidas, permitindo que o departamento esteja sempre a par das atualizações processuais. 

Integração dos processos e setores

Um ERP integra todos os processos, o que permite o acompanhamento das demandas por todas as pessoas envolvidas. 

Ao saber o que está acontecendo em cada setor, como financeiro, RH, marketing e o próprio jurídico, é mais fácil delegar as tarefas de um jeito fácil, rápido e oferecendo todas as informações que são necessárias para a execução.

Esse sistema também ajuda a manter um clima harmonioso e evita equívocos, uma vez que se torna um canal de comunicação entre as várias áreas do escritório – benefício e tanto para os advogados. 

Tomadas de decisões assertivas 

O ERP permite que a gestão de todos os processos de sua empresa seja transparente. Isso aumenta o seu entendimento, facilita a operação e a descoberta dos melhores caminhos para tomadas de decisões. 

Melhor gestão de tempo 

As operações manuais, que exigem muitas horas da equipe, são feitas pelo software de forma automática. Dessa forma, os profissionais ganham mais tempo para se dedicar aos seus processos e atender melhor os clientes. 

E se manualmente as chances de erros são grandes, aqui elas são evitadas com facilidade, logo, é possível ter menos retrabalho e mais eficiência nas entregas de resultados.

Melhor atendimento 

O ERP jurídico oferece mais agilidade e inteligência no atendimento das demandas, seja para atuação nos tribunais, para emissão de pareceres, atividades de due diligence, análise de contratos ou gestão de riscos, por exemplo. 

Assim, além de entregas com mais qualidade, ganha-se mais tempo para oferecer atendimentos personalizados. 

Controle financeiro 

O ERP possibilita a análise da probabilidade de perdas e ganhos dos processos, gerando relatórios gerenciais e de contingências, que facilitam a realização de um provisionamento de custos eficiente, contribuindo significativamente para a segurança econômica dos clientes. 

Também permite que se identifique claramente as fontes das despesas jurídicas do próprio escritório ou departamento, ajudando a reduzir custos. 

Análise de desempenho 

Um software jurídico auxilia na coleta e processamento de informações da gestão interna do escritório e dos clientes, os disponibilizando em formato de relatórios e gráficos. 

Tais dados com métricas importantes sobre o desempenho do serviço fornecido, ajudam a identificar falhas e consequentemente, a evitá-las. 

Investimento com resultado

O investimento dedicado a um bom ERP retorna rapidamente com o controle, economia e informação estratégica que o software proporciona, gerando competitividade para o escritório ou departamento jurídico se destacar no mercado.

Como implementar um ERP jurídico? 

Assim como qualquer mudança na rotina de trabalho, a implementação do sistema deve ser fluida e natural, mas treinamentos são necessários e vale a pena investir algumas horas na preparação da equipe. 

Para ajudar, é possível encontrar ferramentas que sejam intuitivas e que ofereçam uma boa experiência aos usuários, com elementos visuais que facilitem o entendimento e que estejam organizados com praticidade e inteligência, especialmente para facilitar o dia a dia dos advogados. 

O Themis, por exemplo, oferece um dashboard intuitivo e já melhorou a rotina de mais de 500 departamentos. Há mais de 25 anos no mercado, hoje atende empresas como Lojas Americanas, Rádio e Televisão Record e Lojas Riachuelo, e escritórios renomados, como BM&A advogados e Robortella Advogados.

Quer conhecer mais sobre ele? Leia também: Veja como o Themis pode auxiliar departamentos jurídicos, cases de sucesso e vantagens

https://www.aurum.com.br/blog/wp-content/uploads/2021/08/criativo-ad-themis-computador-3-1.svg
Aproveite!
Profissionalize a gestão do seu departamento jurídico e leve mais lucratividade para a empresa
Quero conhecer

Conclusão

Vimos que o ERP passou a ser uma ferramenta essencial para garantir as margens de lucro necessárias para um escritório ou departamento jurídico se manter competitivo.

Afinal, para gerenciar o alto volume de processos, controlar toda operação, entender como cada uma atua e quais informações que geram e necessitam para funcionar, é preciso manter tudo em ordem, e isso só é possível através de um software especializado de gestão. 

Com ele todas essas questões são otimizadas, liberando advogados e advogadas para focar em melhorias, conhecimento extra, estratégias e bom atendimento. 

Mais conhecimento para você

Tem mais artigos para você se aprofundar sobre o uso de softwares jurídicos e outros temas. 

Gostou do artigo e quer evoluir a sua advocacia?

Assine grátis a Aurum News e receba uma dose semanal de conteúdo no seu e-mail! ✌️

Ao se cadastrar você declara que leu e aceitou a política de privacidade e cookies do site.

Gostou do conteúdo? Deixe seu comentário! 😉


Muito prazer, nós somos a Aurum! Desenvolvemos softwares jurídicos há mais de 20 anos e entregamos produtos de qualidade para aperfeiçoar a gestão e elevar a produtividade dos advogados. Temos dois softwares no mercado: o Astrea, criado para atender as...

Ler mais
Tem algo a dizer?

Deixe seu comentário e vamos conversar!

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Bullets
aurum recomenda

Conteúdos para elevar sua atuação na advocacia

Separamos os principais artigos sobre advocacia e tecnologia para você!

Ícone E-mail

Assine grátis a Aurum News e receba uma dose semanal de conteúdo gratuito no seu e-mail!

Ao se cadastrar você declara que leu e aceitou a política de privacidade e cookies do site.