Fidelização de clientes na advocacia

As 6 melhores estratégias de fidelização de clientes na advocacia

Comentar
Recomendar
A fidelização de clientes na advocacia pode se tornar uma missão quase impossível, caso você não organize seu trabalho de forma estratégica. Nesse sentido, é importante destacar que existem determinadas abordagens que contribuem para a maior retenção de tomadores de serviços em seu escritório.

Essa é uma circunstância importante de ser destacada, uma vez que muitos profissionais concentram suas energias apenas em conquistar novos clientes, quando deveriam trabalhar também pela fidelização. Afinal de contas, o vínculo já estabelecido pode ser tão ou mais rentável, se comparado com uma nova parceria para o seu negócio.

Pensando em mostrar na prática como a fidelização de clientes na advocacia funciona, preparamos este post com 6 dicas incríveis para você começar a implementar. Não deixe de conferir!

6 dicas exclusivas de fidelização de clientes na advocacia

1. Cultive um relacionamento de proximidade com seus clientes

Boa parte das pessoas e empresas que buscam serviços advocatícios não dispõem de grande conhecimento sobre as questões que norteiam o mundo jurídico. Cabe ao escritório contratado, portanto, esclarecer como funcionam todos os procedimentos e comunicar de forma clara quais são as etapas do trabalho a ser conduzido.

A partir desse nível de atenção e esclarecimento, o cliente vai estar muito mais seguro em relação àquilo que ele busca contratando seus serviços. Tenha em vista que a informação é tudo nesse tipo de relação comercial, em que o contratante, muitas vezes, não tem condições de avaliar quais serão os resultados possíveis para as ações em curso.

2. Trabalhe com uma boa equipe de apoio

A questão da proximidade de seus clientes levantada no tópico anterior pode ser efetivada com o auxílio de uma equipe de apoio. Todos sabemos que o dia a dia do advogado é bastante atribulado, com inúmeros compromissos e demandas complexas.

Uma boa equipe poderá lidar com atividades operacionais que acabam roubando seu tempo. As referidas atividades, certamente, devem abarcar o atendimento ao cliente, o que envolve a solicitação e entrega de documentos, a apresentação de informações sobre o andamento de processos, a realização de serviços em cartório e a resolução de quaisquer dúvidas.

3. Otimize a administração de seu escritório usando ferramentas de gestão

A fidelização de clientes na advocacia não será efetiva somente a partir de uma relação próxima e transparente. É preciso entregar resultados objetivos em relação à demanda apresentada.

Naturalmente, uma das maneiras de alcançar resultados é tratar de forma célere o caso de cada cliente, sem perder prazos processuais ou deixar de cumprir qualquer requisito legal. Para isso, você e seu escritório não podem abrir mão das ferramentas de gestão atualmente disponíveis à atividade da advocacia.

Software Juridico Astrea
Encante seus clientes com o melhor software jurídico do mercado!
experimente o astrea grátis

Um bom software jurídico é uma excelente opção. Afinal, além de contar com todas as funcionalidades para melhorar o atendimento e contribuir para a fidelização dos seus clientes, o sistema oferece soluções completas para que seu escritório cresça exponencialmente sem perder a qualidade. Entre tantas funcionalidades, devemos destacar:

    – Controle avançado de prazos;
    – Cadastro de processos;
    – Publicações;
    – Gestão financeira;
    – Controle de atividades;
    – Módulos de integração entre as equipes de trabalho;
    – Geração de relatórios gerenciais;
    – Controle de perfis de usuários;
    – Atualização automática de processos.

Com todas essas facilidades (e muitas outras!), seu escritório vai ter um ganho extraordinário de produtividade. Inúmeras atividades que antes poderiam ser consideradas “gargalos” passariam a ser executadas sem maiores problemas.

Experimente o Astrea gratuitamente e comprove

4. Estude de verdade os casos de seus clientes

Na tentativa de trabalhar com o maior número de casos possíveis, alguns advogados acabam por não analisar com todo o cuidado possível os casos de seus clientes. Esse é um erro que não pode ser cometido por quem pensa em fidelização de clientes na advocacia.

Por isso, ao apreciar qualquer demanda, certifique-se de que sua análise preliminar está devidamente embasada e que a estratégia escolhida para resolver a questão é a mais indicada. Se possível, tente ouvir uma segunda opinião de colegas com experiência no ramo do direito ao qual o caso pertence.

Não se esqueça que na hora de construir estratégias jurídicas, sempre convém somar esforços e se valer da experiência de outros profissionais. Afinal de contas, a depender do caso, existem vários encaminhamentos possíveis.

5. Adote uma postura de proatividade

Proatividade é uma virtude em qualquer tipo de trabalho. Com a advocacia não seria diferente, com o adendo de que trata-se de uma atividade que demanda grande conhecimento técnico para interpretação e aplicação das leis, na qual qualquer pequeno erro pode ter repercussão muito negativa. Disso decorre a necessidade de se antecipar aos problemas e apresentar as melhores soluções.

Para que tudo fique mais claro, podemos tomar como exemplo o trabalho de advogados corporativos. O escritório ou profissional que está à frente da assessoria jurídica de uma empresa deve se esforçar para compreender a estrutura dos negócios da companhia, de modo a ter condições de dar o melhor tratamento possível às questões que lhe são apresentadas.

Deve haver um constante exercício de avaliação dos processos de trabalho da empresa, sob a perspectiva de quem está de fora da organização, visando possíveis intervenções e melhorias.

6. Ofereça serviços adicionais sem custos

A melhor forma de agradar alguém em uma relação comercial é sempre entregar um pouco mais do que o contrato de prestação de serviço prevê. Isso significa superar as expectativas e fazer com que seu cliente enxergue seu escritório de forma diferenciada.

Ao mesmo tempo, não é indicado fazer “loucuras”, comprometendo a rentabilidade de seu negócio. Faça aquilo que for razoável e esteja dentro de suas possibilidades, como um simples parecer técnico que não tenha sido combinado no momento de fechar negócio, por exemplo. Estamos falando de algo pouco ou nada oneroso, mas que pode agradar muito seu cliente, fazendo com que ele sempre recorra a você.

Quer ficar expert nesse assunto? Se inscreva no portal O Futuro da Advocacia! São várias trilhas temáticas com emails, vídeos e artigos gratuitos! 😉

Conhecer O Futuro da Advocacia

Conclusão

Com este post, esperamos ter trazido os melhores esclarecimentos sobre como a fidelização de clientes na advocacia. Você deve ter notado que a grande maioria das questões discutidas não envolvem grandes reestruturações ou investimentos em seu escritório.

Tratam-se de iniciativas muito simples de serem levadas à prática, mas com o potencial de gerar os resultados que você espera e precisa. Por isso, fique atento a todas às nossas dicas e veja em quais pontos é possível promover melhorias.

Para continuar acompanhando conteúdos tão relevantes quanto esse sobre fidelização de clientes na advocacia, confira outras publicações em nosso blog voltados à advocacia e ao meio jurídico. Até a próxima!

Comentar
Recomendar
Vamos continuar a conversa?

 

    Nenhum comentário
    Você está aqui