Resoluções de ano novo para você revolucionar sua advocacia em 2019

5 resoluções de ano novo que vão revolucionar sua advocacia

Comentar
Recomendar
“Agora vai!”, “de 2019 não passa!”, “é agora ou nunca”! Se você se identificou com alguma dessas expressões, é porque faz parte do time de advogados e advogadas que fazem resoluções de ano novo.

Seja muito bem-vinda ou bem-vindo! Agora, a pergunta que não quer calar: quantos dos objetivos que você traçou nessa época seguiram firmes e fortes depois da páscoa?

Por aqui nós também adoramos planejar os próximos passos. E acreditamos que ir aos poucos é melhor do que fazer mudanças repentinas e nos frustrarmos com a dificuldade de colocar em prática.

Por isso, vamos compartilhar com você cinco pequenos passos que podem promover resultados incríveis para o ano que se inicia.

Resoluções de ano novo: como fazer diferente em 2019?

1. Abra espaço para a criatividade

“Ah, mas advogados são todos iguais e fazem tudo sempre do mesmo jeito!”, quem nunca ouviu isso? Quando alguém repetir essa falácia na sua presença, você pode sugerir dois itens para a lista de resoluções de ano novo dessa pessoa: relaxar e julgar menos. 😛

Acreditar em expressões como essa é esquecer da importância da criatividade para ativar o lado esquerdo do cérebro e, claro, ser mais feliz. Ser feliz, sim, é uma excelente meta para 2019!

Experimente trocar o lado do relógio (acredite, pode ser uma experiência interessante para observar como os hábitos são construídos) e usar meias coloridas (as chamadas funny socks). Adote canetas coloridas para anotações na sua agenda pessoal e no planejamento da equipe, registre e organize ideias em post-its. Torne a sua rotina mais divertida!

Quando você notar, vai estar acessando a criatividade até para resolver os problemas mais complexos do escritório.

2. Se aproxime de seus clientes

Se você tiver que escolher apenas um item da sua lista de resoluções de ano novo, escolha esse! Relacionamento com clientes foi um dos principais temas do blog da Aurum em 2017 e em 2018. E tem um motivo: clientes felizes são clientes fiéis!

Além disso, a advocacia é feita de pessoas para pessoas. A sua proximidade com o seu público importa! E muito. Então, em 2019 coloque em prática estratégias factíveis para não deixar o relacionamento com seus clientes esfriar!

Você pode descobrir como fazer isso se inscrevendo no portal O Futuro da Advocacia! São várias trilhas temáticas com emails, vídeos e artigos gratuitos! 😉

Conhecer O Futuro da Advocacia

3. Busque conhecimento

Atualização profissional é aquele item precioso em toda lista de resoluções de ano novo. Ano vai, ano vem e ele continua ali, sem perder a importância. Se até as legislações são atualizadas e o Judiciário, ainda que lentamente, vai se modernizando, não existe motivo para você deixar esse tópico pra lá, concorda?

Mas, calma (esse é o lema!): para você não transferir essa prioridade para 2019, é preciso fazer as escolhas certas. Apenas colocar “ir a eventos de advocacia” ou “fazer uma especialização” na sua lista de metas para 2019 não resolve. É preciso definir os cursos que você quer fazer, os eventos que quer ir e o que deseja aprender ou extrair de cada um deles.

Além de cursos profissionalizantes, pós graduação e especializações, existem eventos que acontecem anualmente e propõem formas mais interessantes e envolventes de atualização profissional e conexão com as novidades do mercado.

2019 vai estar repleto de boas oportunidades! O Aurum Summit, nosso evento anual sobre modernização na advocacia é um deles. Fique de olho para não perder a data (queremos conhecer nossos leitores pessoalmente!).

4. Defina objetivos e aprenda a dizer não

Parcerias são maneiras colaborativas e rápidas de alcançar determinados objetivos. Mas isso só é verdade se fizer sentido para todas as partes envolvidas. Se você já tem mais trabalho do que consegue dar conta, se as metas do seu escritório não “conversam” com a proposta feita ou se você simplesmente percebe que não vai ter vantagem alguma com a união, diga não.

O não liberta, mas só quando existe uma clareza de objetivo por trás dessa palavra tão poderosa. Nesse sentido, definir metas alcançáveis e mensuráveis é fundamental para você conseguir saber o que, de fato, é prioridade para você e para o seu escritório.

A partir desse planejamento sincero e pé-no-chão, dizer não para o que realmente não vai ajudar no seu desenvolvimento vai ser questão de coerência e alinhamento com o seu propósito. “Propósito”: eita palavra dita em 2018, hein? Que tal dar sentido prático a ela em em 2019? 🙂

5. Coloque em prática suas resoluções de ano novo

Será que o que falta para as pessoas cumprirem suas resoluções de ano novo é destacar essa ação na lista? Se for, você não vai ter mais esse problema! 😛 Brincadeiras à parte, vale dizer que o abandono das metas de fim de ano acontece porque mudanças repentinas podem ser mais difíceis do que imaginamos.

O que torna as práticas iniciadas no ano novo “definitivas” é trabalhar cada objetivo com calma, de maneira gradual e com consciência de cada ação. Uma dica é focar mais nos processos diários e não apenas nas metas. Um número só faz sentido se representar um propósito (olha ele de novo aí!). Então, ter disposição faz muita diferença! E nós sentimos que isso você tem de sobra, certo?

Outra dica (para finalizar): comece devagar, com a certeza de que as metas podem (e vão!) ser alteradas ao longo do caminho. É natural que as prioridades mudem e necessário que saibamos flexibilizar nossos objetivos.

Para facilitar, selecione poucas atividades por vez e, sempre que definir uma meta, destaque as ações que vão transformar esse desejo em realidade. Depois, defina prazos para cumpri-las. Isso vale para suas atividades profissionais e pessoais!

Podemos combinar que a palavra desse ano vai ser “atitude”?

Agora é a sua vez! Conta para a gente nos comentários como você faz suas resoluções de ano novo. Tem alguma dica para dar para os outros leitores? Alguma dúvida ou história para contar? Vamos adorar ouvir.

12.000 Advogados

Já controlam seus processos e prazos com o software jurídico Astrea

Experimente grátis
Comentar
Recomendar
Vamos continuar a conversa?

 

  • Carolina CARVALHO Lemos disse:

    Nossa atitude foi mudar nosso software jurídico que está obsoleto e não agregava qualquer valor ao nosso escritório, migrando para AURUM! Em poucos dias, o novo sistema trouxe valores incríveis para nós.

    • Lila Alves disse:

      Oi, Carolina! 🙂
      Todo o time da Aurum ficou muito feliz com o seu comentário! É um grande prazer saber que fizemos alguma coisa para melhorar sua rotina. Agradecemos a confiança na nossa empresa e em nossos produtos. Coisa boa ter clientes como você!
      Obrigada pela parceria! A nossa resolução de ano novo vai ser continuar entregando produtos e serviços de qualidade para você 😉
      Grande abraço!

2 Comentários
Você está aqui