O guia passo a passo de como cobrar honorários advocatícios

Comentar
Recomendar
Uma das dúvidas mais comuns entre advogados iniciantes é como cobrar os honorários advocatícios. Normalmente, até encontrar uma receita que realmente funcione para a realidade do negócio, a sensação é de estar completamente perdido. Afinal, além da pouca experiência e do conhecimento restrito sobre finanças e práticas de mercado, existe a insegurança típica do começo – sabe aquele friozinho na barriga e a enorme pilha de incertezas para enfrentar?
O medo de cobrar mais do que o trabalho vale ou muito menos do que é necessário para manter a sustentabilidade da sua advocacia pode resultar em situações delicadas. E quando isso acontece, a negociação com seu cliente segue atravancada, difícil, como se, ao falar de valores, você estivesse com os olhos vendados, prestes a atirar no escuro, sem saber exatamente o impacto que cada acordo de honorário terá no seu fluxo de caixa.
Uma coisa é certa: se você não planeja sua precificação levando em consideração os custos e a projeção de lucro, o futuro do seu negócio jurídico é uma grande incógnita. Então, que tal afastar as hipóteses e incertezas e encontrar as soluções para esses problemas? Sistematizar a sua cobrança de honorários é possível e pode ser muito mais fácil do que você imagina. Para mostrar isso, preparamos um eBook com as informações que você precisa para criar um sistema de honorários prático e sustentável!

O que você vai aprender

  • Os tipos de honorários advocatícios e quando aplicá-los;
  • Como usar a tabela da OAB para melhorar sua precificação;
  • Descobrir como parar de pagar para trabalhar e começar a lucrar com a sua advocacia;
  • Saber como calcular seus honorários advocatícios com uma fórmula simples e prática;
  • Entender como calcular o valor da sua hora de trabalho.

Tudo isso e muito mais em quatro capítulos especialmente desenvolvidos para descomplicar a sua rotina financeira!
Baixar ebook como cobrar honorários advocatícios

Comentar
Recomendar
Vamos continuar a conversa?

 

    Nenhum comentário
    Você está aqui