Marketing de Indicação na Advocacia

Como usar o marketing de indicação na advocacia para conquistar clientes

Comentar
Recomendar

O marketing de indicação na advocacia, ou marketing de referência, é uma forma de conquistar mais clientes por meio de indicações de quem já conhece o seu trabalho. Podem ser por meio de clientes, amigos e colegas – pessoalmente ou pela internet.

Quando uma pessoa busca um advogado, é porque ela está com algum problema. Nesta situação delicada, criar uma relação de confiança com o cliente é fundamental. Há diversas formas de se fazer isso. 

Atualmente se tem investido muito em marketing de influência e conteúdo, por exemplo. Porém, a boa e velha indicação de clientes continua sendo a forma mais eficiente de se conseguir novos contratos. De quebra, são pessoas que, por terem ouvido falar bem do seu trabalho, tendem a confiar em você. 

O processo de indicar serviços de profissionais conhecidos é chamado de referral marketing, em português marketing de referência. Ou, ainda, podemos chamar de marketing de indicação na advocacia.

A indicação pode se dar por pessoas que conhecem você, pessoalmente, ou seu trabalho, no caso de amigos, colegas e família. Porém, não podemos ignorar as inúmeras indicações que advogados têm conseguido devido ao marketing de influência. E até mesmo ao seu trabalho com a construção de imagem de forma geral, por meio do marketing pessoal

Em 2014, a FindLaw.com fez um levantamento com o objetivo de descobrir que métodos as pessoas utilizam na hora de contratar um advogado. Como resultado, 38% das pessoas entrevistadas disseram que utilizariam a internet para ajudá-las a encontrar um profissional, enquanto 29% disseram que consultariam um amigo ou parente.

Como usar o marketing de indicação na advocacia

Nesse sentido, é cada vez mais importante investir em um bom site para advogados, além de manter boas relações interpessoais com colegas, amigos e clientes. E é justamente sobre isso que vamos falar no texto de hoje: como o marketing de indicação na advocacia pode ajudar você a conseguir ainda mais clientes.

Abaixo, compartilho alguns passos básicos que podem ajudar a aumentar a quantidade de pessoas recomendando o seu trabalho. Você vai notar que o marketing de indicação na advocacia funciona muito bem tanto na internet, quanto pessoalmente. E, mais que, isso, vai perceber que você já aplica algumas boas práticas na sua rotina.

Que tal melhorar ainda mais esse processo? Então vamos às dicas:

1. Mantenha sempre bons relacionamentos

É claro que seus amigos e família sempre irão recomendar seus serviços caso saibam de alguém que busca um advogado. Porém, às vezes as indicações vêm de onde menos esperamos

Nunca sabemos como será o dia de amanhã, quem estará trabalhando onde, ou se relacionando com quem. No mundo jurídico, todos se conhecem, e você quer que sempre tenham algo bom para falar de você, certo?

Por isso, a dica é manter sempre bons relacionamentos e sempre estar disposto a ajudar. Seja com simples conhecidos, com clientes antigos e até mesmo com pessoas com quem você teve alguma desavença. Resolver questões em aberto, com clientes e parceiros, é essencial para prosseguir na advocacia com boas referências.

Guia de atendimento com software jurídico
Entregue aos seus clientes um atendimento de excelência! Baixe grátis o guia de atendimento ao cliente com software jurídico. Quero baixar o guia de atendimento

2. Participe de eventos com outros advogados

Seus próprios colegas de profissão são ótimos contatos para marketing de indicação na advocacia. Eles têm contato com diversos clientes, porém muitas vezes não são especializados em determinadas áreas do direito. Ou, mesmo que sejam, podem não ter tempo para atendê-los.

Por isso, manter-se em contato constante e ser reconhecido por outros advogados é muito importante. Ninguém vai recomendar você se não te conhecer!

A OAB sempre realiza eventos que, no fim, tem como “efeito colateral” positivo fazer os advogados socializarem e se conhecerem. Não precisa, necessariamente, ser eventos com cunho estritamente social — você pode conhecer gente em palestras, conferências etc. 

Participar destes momentos e ter uma vida social ativa dentro de círculos de profissionais da área pode ser uma boa forma de melhorar o seu marketing de indicação na advocacia.

Aqui no blog da Aurum você confere uma lista com os principais eventos para advogados no Brasil, elaborada pelo colega André Kageyama.

Aliás, você já conhece o Aurum Summit? É uma excelente oportunidade para fazer networking e se atualizar sobre as tendências de inovação e tecnologia para advogados.

quero conhecer o aurum summit

3. Para conseguir indicações, pessoas precisam estar satisfeitas

Isto quer dizer que não adianta contar com sua rede de contatos se o serviço que você oferece não está a contento dos clientes. Aliás, trabalhar com o marketing de indicação na advocacia oferecendo um serviço insatisfatório pode até mesmo ter um efeito reverso. Imagina ter uma indicação negativa?

Assim, antes de começar a seguir estas dicas, é muito importante parar para avaliar seu negócio. Procure entender por que clientes para os quais você já trabalhou partiram ou não quiseram renovar o contrato. Além disso, onde seu serviço pode melhorar no caso dos clientes que continuam com você.

O relacionamento com o cliente é um dos pilares mais importantes na advocacia. Por isso, é importante prezar pelo bom atendimento sempre. Aqui no blog, você confere diversos conteúdos sobre esse tema, inclusive um vídeo da advogada Mariana Gonçalves, do canal Minutos de Direito, compartilhando sua experiência para garantir um atendimento com qualidade. Para conferir, é só clicar aqui.

Após corrigir as falhas identificadas, se houver, você estará pronto para pedir indicações, o que nos leva ao próximo tópico. 😉

4. Procure indicações ativamente

Conseguir recomendações e fortalecer seu marketing de indicação na advocacia não é uma tarefa passiva. Claro que muitas pessoas indicarão seus serviços sem que seja necessário pedir, porém “provocar” indicações pode funcionar também.

Você pode fazer isso entrando em contato com clientes, amigos e conhecidos. Pergunte a eles se eles conhecem alguém que esteja precisando de uma assessoria jurídica e, se conhecerem, se poderiam colocar vocês dois em contato.

Para fazer isso de forma mais natural, você pode criar uma “novidade” que justifique seu contato. Por exemplo, se você tem um site novo, uma nova postagem em blog ou redes sociais ou uma apresentação dos seus serviços, pode pedir para seus conhecidos compartilharem. Se está com um novo serviço, por exemplo, pode apresentar para seu contato e perguntar se ele conhece alguém que está precisando.

5. Também indique colegas

Da mesma forma que você gosta quando te indicam para algum potencial cliente, os colegas também gostam de ser recomendados. Indicar alguém é uma ótima forma de criar uma “necessidade de pagamento” ou de começar uma “parceria”, de forma que aquela pessoa passará a te indicar também, esperando sempre reciprocidade.

Você pode fazer isso mesmo sem ter clientes para indicar. Uma boa forma, por exemplo, é escrever um testemunho no Linkedin sobre algum colega que você admira e com quem trabalhou. É bem possível que essa pessoa te devolva o favor.

Leia também: boas práticas que todo advogado de sucesso precisa desenvolver.

O marketing de indicação na advocacia por meio da internet

Nos últimos anos, tem se criado um “fenômeno” na internet: os influenciadores digitais. Em diversas áreas, algumas pessoas se destacam por produzirem um conteúdo tão interessante que elas se tornam referência na área. Assim, ganham inúmeros seguidores e pessoas que acompanham seu trabalho.

O que acontece com os advogados é que, ao produzir conteúdo jurídico relevante em blogs ou redes sociais, diversas pessoas começam a segui-los. E, de quebra, passam a atuar no marketing de indicação na advocacia, conectando clientes que podem se beneficiar dos conhecimentos expostos por ele.

Saiba como se tornar uma referência na advocacia utilizando as redes sociais.

Ou seja, esta influência tem transcendido a internet e resultado em negócios no mundo offline também. Essa autoridade na advocacia criada por meio da internet pode gerar até mesmo oportunidades de entrevistas em mídias tradicionais, como em jornais, sites, TV e rádio, ou de participação em eventos.

Mais conhecimento para você

Se você quer saber mais sobre assuntos relacionados a direito, tecnologia e advocacia, continue navegando no blog da Aurum! Aqui você encontra materiais sobre os seguintes temas:

Assine a newsletter da Aurum e receba os melhores conteúdos para advogados!

assine a aurum news e receba os melhores conteúdos para advogados

Tem alguma dúvida ou sugestão? Compartilhe com a gente nos comentários abaixo e nos ajude a fazer um conteúdo ainda mais completo. 😉

22.000 Advogados

Já controlam seus processos e prazos com o software jurídico Astrea

Experimente grátis
Comentar
Recomendar
Vamos continuar a conversa?

 

    Nenhum comentário
    Você está aqui