gestão horizontal

Gestão horizontal: como fazemos na Aurum (Parte 2)

Comentar
Recomendar
Depois de abordar o conceito e compartilhar informações sobre as principais diferenças da gestão horizontal para a vertical, chegou a hora de dividir com você as ferramentas que usamos para facilitar o processo de transição.

Para facilitar o entendimento, dividimos este texto em duas partes. Então, se você gostou da primeira, é só continuar a leitura para conhecer as outras ferramentas e descobrir como elas podem ajudar o seu escritório de advocacia a ter uma gestão mais focada em pessoas. E se você ainda não leu a primeira parte do conteúdo, é só clicar aqui.

Boa leitura!

Foco na comunicação

O que, como e por quê usamos

O nosso espaço de trabalho foi pensado para facilitar ao máximo a comunicação das pessoas e evitar burocracias desnecessárias. Não temos baias e nem salas fechadas com paredes.

Trabalhamos em um open space (espaço aberto) e todo mundo é acessível para todo mundo. Essa organização facilita a interação entre os times e contribui para a propagação da cultura horizontal dentro da empresa. Para facilitar a rotina e o alinhamento, as pessoas sentam próximas aos integrantes de seus times. Assim, basta girar a cadeira para conversar sobre algum assunto importante ou até fazer uma pequena reunião. Dessa forma, evitamos levar horas para resolver questões que podem ser conversadas em minutos.

Trabalhar em um espaço aberto tem suas vantagens, mas também tem os seus poréns. O volume das conversas pode atrapalhar os mais concentrados. Pensando nisso, criamos uma rede de internet especial para quem quer ouvir streaming de música enquanto trabalha e também adotamos a “vaca amarela”, uma forma de sinalizar aos colegas que estamos concentrados e não queremos ser incomodados. Além disso, contamos com a compreensão e colaboração das pessoas quando precisamos de silêncio.

Vaca amarela

Na Aurum, usar algum objeto de cor amarela sinaliza que estamos concentrados e não queremos ser incomodados
A Aurum tem unidades em São Paulo, Rio de Janeiro e Florianópolis. Por isso, precisamos de um meio eficiente para fluir a comunicação e aproximar as pessoas. Usamos o Slack para facilitar esse contato com os mais distantes e, não raro, também para conversar com a pessoa que senta ao nosso lado.

Afinal, trabalhar em um ambiente aberto é ter cuidado para que a nossa liberdade não atrapalhe as outras.

Para alinhar ainda mais a comunicação e facilitar a troca de informação com as pessoas de outras unidades, fazemos a Resenha da Semana, um encontro virtual, via Hangouts, para compartilhar novidades e curiosidades, dividir resultados e responder perguntas. Normalmente, quem conduz a resenha é o CEO da empresa, mas todas as pessoas têm espaço para interagir, perguntar ou apresentar alguma coisa. Como os planejamentos de todos os times acontecem na segunda, escolhemos fazer a resenha na sexta para comemorar, com cerveja e bom humor, os bons resultados e encerrar a semana de forma tranquila e relaxada.

One on One

O que é e como usamos

Pessoas comunicativas e extrovertidas têm mais facilidade para se encontrarem na gestão horizontal. Afinal, o diálogo é uma ferramenta muito importante, principalmente durante a transição de modelo. No entanto, dar e receber feedback pode colocar muitas pessoas em uma situação delicada. Quando fazer isso? Como?

Para reduzir esse ruído negativo e dar espaço para que as pessoas conversem com seus líderes sobre questões de rotina e também sobre o desenvolvimento pessoal e profissional, dentro ou fora da empresa, criamos o One on One (ou 1×1).

Ao contrário do que possa parecer, quem planeja a reunião não é o líder. Cada pessoa escreve a sua pauta, com os assuntos que quer abordar, e convida o líder para a reunião. É um momento para que as pessoas tratem situações reais e falem sobre questões que gostariam de melhorar, ou mesmo apresentem resultados dos quais se orgulham.

O que ganhamos com isso

O propósito do encontro é promover o ensinamento mútuo, a troca de informações, o alinhamento e o desenvolvimento das pessoas. O 1×1 acontece a cada duas semanas e é feito, preferencialmente, de forma presencial – mas, em algumas exceções, pode acontecer por videoconferência.

O líder e o colaborador saem da reunião com algumas ações para fazer até o próximo encontro. Assim, ninguém se acomoda em situações desconfortáveis ou negativas e todas as pessoas agem para criar um espaço de trabalho saudável e enriquecedor. Esse tipo de ação empodera as pessoas para serem cada vez mais autônomas e proativas, além de evitar “fofocas” e situações mal resolvidas.

Pronto! Agora você conhece as principais ferramentas que usamos para estabelecer uma rotina mais horizontal aqui na Aurum. Agora é a sua vez! E você, como faz no seu escritório? Já pensou em adotar alguma das ferramentas que comentamos? Tem alguma dúvida ou história para compartilhar? Participe do assunto comentando aqui embaixo. 🙂

22.000 Advogados

Já controlam seus processos e prazos com o software jurídico Astrea

Experimente grátis
Comentar
Recomendar
Vamos continuar a conversa?

  • Ariel Del Tedesco Hoving disse:

    Que tal fazer mais uns dez tópicos sobre esse tema? Me interesso bastante e gostei de várias ideias!
    Grande abraço daqui da MH pra vcs!

    • Marcela Quint disse:

      Que ótimo que você gostou, Ariel! 🙂 Como é aí na MH? Vocês usam alguma dessas práticas? A gente vai abrir cada vez mais as portas da Aurum aqui no blog então com certeza vão aparecer muitas informações sobre gestão horizontal. Fique sempre super à vontade pra comentar. 🙂 Abraço!

2 Comentários
Você está aqui