Atualização profissional: Cursos de imersão podem ser boa aposta

Atualização profissional: Cursos de imersão podem ser boa aposta

Comentar
Recomendar
Sou um entusiasta dos cursos de imersão, pois é uma maneira prática e rápida de aperfeiçoamento profissional, troca de experiências e de networking. Inclusive, recentemente fiz um curso multidisciplinar de imersão sobre fusões e aquisições (M&A), com o objetivo de lapidar meus conhecimentos sobre o tema e aprender novas técnicas. Hoje, pretendo compartilhar com vocês um pouco da minha experiência em cursos de imersão.

Tempo

Desvencilhar-se do trabalho, seja por algumas horas ou por uma semana, é tarefa cada vez mais complexa e difícil. Por um lado, é muito fácil acompanhar tudo que acontece no escritório. Mas por outro, essa facilidade de contatar alguém pode se tornar um vilão quando o assunto é concentração.

Em quantos momentos você já utilizou, hoje, o seu telefone celular para enviar uma mensagem de texto ou acessar um e-mail? Certamente algumas dezenas de vezes. Eu, por exemplo, perdi as contas de quantas vezes parei de escrever este post para responder um e-mail, atender a chamada de um cliente, ou responder uma mensagem de texto.

Pois é, desgrudar dos gadgets é exercício árduo e compartilho desse martírio com você.

Caro leitor, cursos de imersão de curta duração exigem o desapego aos gadgets, por mais difícil que isso possa ser. Lembre-se: o curso é um investimento de tempo em você e em sua profissão. Portanto, além de se afastar por um período de seu smartfone, tablet ou computador, também é preciso planejar com seus colegas de trabalho a ida a um curso de imersão, de modo a não sofrer distrações e aproveitar ao máximo o tempo dedicado para a sua atualização profissional na advocacia.

Advocacia do futuro

Ouso afirmar que advocacia de contencioso de massa está com seus dias contados, especialmente com a entrada em vigor do Código de Processo Civil/2015, que força uma grande mudança cultural nos advogados. A transformação ainda é sensível aos olhos de muitos, mas é preciso estar atento a isso se você pretende se perpetuar na profissão. A tendência é a de que o Poder Judiciário não tenha que se manifestar inúmeras vezes sobre uma mesma questão de direito disponível, que poderá ser resolvida entre as partes na esfera privada de suas relações. Assim, a vocação futura dos advogados deverá muito mais de consultores e mediadores do que litigantes em processos.

A partir dessa mudança cultural na advocacia, é preciso que o profissional do Direito esteja atento não apenas a sua área, como também a outras que envolvam o negócios de seus clientes. No ambiente consultivo empresarial, em particular, as discussões econômicas sobre determinado tema são muito mais intensas e relevantes do que as jurídicas propriamente ditas. Portanto, é preciso ter o mínimo de noção dessas nuances macroeconômicas para prever riscos legais e elaborar um bom contrato para o seu cliente, por exemplo. Ter um conhecimento multidisciplinar sobre a atividade a de seu cliente passou a ser fundamental para o advogado atuante na área empresarial.

Experiências multidisciplinares

Tudo que escrevi até agora foi para enfatizar a importância de se participar de cursos de imersão multidisciplinares. No curso de M&A do qual participei recentemente, dentre os 35 (trinta e cinco) alunos, apenas 3 (três), dos quais eu me incluo, eram da área jurídica. Os demais participantes estavam divididos entre as mais diversas áreas do conhecimento: administração, economia, finanças, engenharia e saúde. Cada um com a sua visão e experiência. Sob a batuta dos ministrantes das aulas, a turma heterogênea virou um grande laboratório sobre Fusões & Aquisições. Enfim, uma verdadeira Torre de Babel na qual a língua era uma só: M&A.

Isto porque todos os alunos já haviam participado de pelo menos um procedimento de M&A, seja pelo sell side, seja pelo buy side, seja por grandes corporações, seja por pequenas. Uns estavam inseridos apenas em algumas etapas do procedimento de M&A, outros o acompanharam na totalidade. A diversidade de cultura e experiências foi importante para aprender um pouco mais sobre o procedimento de M&A e fará a diferença num próximo deal que eu participar.

Networking

A heterogeneidade dos participantes é facilitadora na criação e fortalecimento do networking, tão importante para o crescimento profissional, uma vez que a possibilidade de se formar parcerias entre mercados não concorrentes é sempre maior se comparada a um ambiente em que todos são da mesma área de atuação e conhecimento. Por mais esse motivo, sempre busco por cursos de imersão multidisciplinares.

A atualização profissional não está unicamente ligada à leitura de livros e diplomas de pós-graduação, mas também a experiência (especialmente a troca de) e ampliação de networking. Cursos de imersão de curta duração são excelentes para conciliar tempo, estudos e networking, motivo pelo qual aconselho aos leitores participar, sempre que possível, de bons cursos deste tipo.

_
Como você faz para manter sua atualização profissional em dia? Conta pra gente nos comentários!

Fernando Morales Cascaes é advogado e compartilha dicas práticas sobre rotina jurídica em sua coluna no blog da Aurum. Se você gostou desse artigo, assine a nossa newsletter para ficar por dentro das nossas novidades semanais e não perder nenhum conteúdo!

22.000 Advogados

Já controlam seus processos e prazos com o software jurídico Astrea

Experimente grátis
Comentar
Recomendar
Vamos continuar a conversa?

    Nenhum comentário
    Você está aqui