Trace o perfil do seu cliente ideal e guie melhor sua estratégia de marketing jurídico

Cliente ideal

Para nós aqui da Aurum, o marketing na rotina do advogado parte de um simples pressuposto: saber quem é seu cliente ideal e conseguir chegar até ele, antes que ele precise de um advogado. Infelizmente, esse é o oposto do que observamos os advogados fazendo em relação à marketing nos dias de hoje. Um exemplo: muitos advogados sabem o quanto o marketing de conteúdo é importante, não só para o jurídico como para a maioria dos negócios nos dias de hoje. Muitos perguntam-nos se devem utilizar o Facebook, escrever um blog ou se juntar a fóruns de discussão na internet. Isso é realmente importante, mas acaba se tornando vago, ao passo que o advogado não sabe para quem ele irá escrever, isto é, quem é o seu cliente ideal – é como se perguntar se é melhor utilizar o Adobe Photoshop ou o Microsoft Word para um projeto, antes de saber o que fazem esses programas.

Quando o advogado possui uma percepção clara do seu cliente ideal, sua estratégia de marketing fica mais dirigida – como quando você quer criar uma planilha, é bastante óbvio que deve usar o Microsoft Excel. Portanto, antes de tentar descobrir quais ações de marketing são mais adequadas para o seu escritório, é preciso ter uma figura clara sobre quem é o seu cliente ideal. Caso você nunca tenha feito esse exercício, nós te ajudamos. Aqui estão algumas perguntas para você começar:

1. Qual a faixa etária do seu cliente ideal?
2. Qual o tipo de emprego que possui esse cliente?
3. Que tipo de atividade o seu cliente gosta de fazer depois do trabalho e aos finais de semana? Faça uma lista.
4. Ele possui um smartphone?
5. Ele possui um carro? De que tipo?
6. Onde o seu cliente ideal mora?
7. O seu cliente é casado?
8. O seu cliente ideal tem filhos? Quantos e de qual idade?
9. Qual será o ideal político do seu cliente, se houver?
10. Qual o tipo de computador que o seu cliente ideal utiliza: PC ou Mac? Desktop ou notebook?
11. Como o cliente ideal consome conteúdos, como notícias?

Respondendo a essas perguntas, você pode começar pensar sobre quem é o seu cliente ideal. Inclusive, pode dar um nome fictício à ele e anexar uma imagem que se aproxime de como você imagina que ele seja.

Sua estratégia de marketing

Agora, fica muito mais fácil chegar a uma estratégia de marketing consistente. Com tudo o que você já sabe, deve ser relativamente simples decidir se é interessante fixar cartões de visita no café que fica na esquina do seu escritório, ou se uma fanpage nas redes sociais chamaria a atenção de seu cliente, antes mesmo de ele precisar de seus serviços. Você deve usar Twitter? Você pode usar, desde que o seu cliente ideal tenha o perfil de quem usa. Que tipo de assuntos ele gosta de publicar e que tipo de pessoas ele segue? Procure alguma maneira que você possa agregar na conversa de forma significativa, para que ele lembre de você quando descobrir que precisa de um advogado.

Desde que você saiba quem é o seu cliente ideal, você pode descobrir uma série de novas oportunidades de marketing que se encaixem no seu perfil. Como um próximo exercício, faça uma relação das maneiras através das quais você poderia ajustar a sua estratégia de marketing para chegar até ele. Por exemplo, se o seu cliente ideal tem um smartphone, você poderia tornar o seu site mais amigável na interface desenvolvida para mobile. Se ele gosta de whisky, você poderia promover uma palestra ou encontro e oferecer a bebida em uma rodada de networking.

Gostou das nossas dicas? Se você ainda não pratica esse exercício, comece respondendo às nossas perguntas e deixe-nos um comentário para contar o que achou. Como você direciona a sua estratégia de marketing no escritório de advocacia?