Exibindo posts com a tag: tribunais

Vem aí o novo site da Aurum Software

Nós da Aurum Software buscamos manter o nosso posicionamento de empresa inovadora e puxadora de tendências no mercado jurídico. Há pouco mais de dois anos, nós apresentamos ao mercado o nosso blog que hoje é lido por milhares de pessoas e recebe posts frequentemente, totalizando um acervo com centenas de artigos escritos e publicados.

Pouco tempo após o blog, veio o lançamento do nosso atual site que marcou uma importante etapa da nossa trajetória: o lançamento dos planos do Themis. Esse site causou um impacto muito positivo em nossa rede, por ser algo realmente novo e diferente de tudo o que existia no mercado. Durante esses dois anos, o site cumpriu muito bem o seu papel de apresentar ao mercado o Themis e suas ricas características.

Temos a incansável necessidade de estar sempre a frente e, assim como trabalhamos continuamente para que o Themis seja o melhor software jurídico do mercado – seja para quem já o utiliza ou para os futuros clientes – nós replicamos esse mesmo esforço em cada coisa que fazemos. Por isso, mesmo com o site atendendo perfeitamente o nosso negócio, nos últimos meses nossa equipe de marketing tem trabalhado duro para lançar um projeto de site totalmente novo, ainda melhor e mais inovador que o atual.

O lançamento está previsto para os próximos dias, mas já queremos deixar compartilhar um pouco do que vem pela frente: 

 

 Design totalmente novo

Temos estudado o que existe de mais atual pelo mundo a fora para trazer para a nossa realidade. Além disso, nossa equipe é formada por verdadeiros artistas que possuem muita competência para criar coisas realmente bonitas! O novo design, além de visualmente bonito, será muito leve e de fácil interpretação, tornando muito clara cada mensagem que queremos passar.

 Tecnologia de ponta

A plataforma escolhida para desenvolver o nosso novo site envolve recursos de ponta para possibilitar o dinamismo e a riqueza de navegação que queremos proporcionar aos visitantes. Agregamos diversos recursos de UX (Experiência do Usuário) que tornarão cada visita ao site da Aurum memorável! Será possível, também, atualizar nossos conteúdos com mais agilidade e possibilitar novos canais de interação com nossos usuários.

 Riqueza em conteúdos

Temos orgulho de ter o blog mais influente entre os fornecedores de software jurídico, onde publicamos histórias dos nossos clientes, artigos sobre fatos do mercado jurídico, entre outros conteúdos. O novo site integrará muito mais esse conteúdo já existente e terá ainda novos canais de atualizações, como divulgação de futuros eventos e treinamentos, pertinentes tanto aos já clientes do Themis quanto aos interessados em conhecer melhor o nosso produto.

Por enquanto, deixamos apenas um draft do nosso projeto para aguçar um pouco mais a curiosidade de todos.

Aguardem a grande novidade para os próximos dias!

Como convencer a gestão da empresa que um software jurídico é fundamental

No nosso último post, nós orientamos sobre os processos que estão envolvidos na avaliação e aquisição de um software jurídico. Esses mesmos conhecimentos podem ser adaptados, também, para outras aquisições, afinal são processos naturais quando vamos comprar algo:

  1. Identificamos nossa necessidade
  2. Levantamos as alternativas
  3. Filtramos e avaliamos algumas delas
  4. Negociamos as que gostamos
  5. Fechamos a que oferece o melhor custo/benefício para nossa necessidade

 

Quando estamos em um processo de compra, nem sempre nós decidimos sozinhos, principalmente dentro de uma empresa. Ao longo do processo, existem diferentes papéis, sendo os mais comuns: o(s) usuário(s), o influenciador, o decisor, o comprador. Muitas vezes, esses papéis se misturam entre as mesmas pessoas, principalmente quando a empresa é pequena.

Para ilustrar melhor, vamos citar os papéis de compra em um escritório de advocacia:

  • Usuários: os advogados que trabalham na rotina dos processos; estagiários, bibliotecárias, recepcionistas e outras pessoas com papéis de organização dentro do escritório.
  • Influenciadores: Os próprios usuários, que são beneficiados com o uso do sistema e, em alguns casos, a gestão – quando enxerga que será beneficiada com uma equipe mais produtiva.
  • Decisores e compradores: Os sócios do escritório, que darão o aval final sobre o produto e serão responsáveis pela compra.

 

Já em um departamento jurídico, o cenário é diferente:

  • Usuários: novamente, são os advogados que trabalham na rotina dos processos.
  • Inflenciadores: a TI da empresa pode influenciar no levantamento da necessidade, por buscar sempre alternativas que automatizam e agilizam atividades da empresa através da informática. Eles também participam do processo avaliando técnicamente os sistemas testados.
  • Compradores: o departamento de compras das empresas é o responsável por negociar com os fornecedores, comparar as propostas e identificar a melhor opção antes de efetuar a compra.
  • Decisores: pode ser uma diretoria jurídica, ou até mesmo uma diretoria geral, quem dá o aval final sobre a compra.

 

Sabendo de todos os processos envolvidos e papéis envolvidos que os profissionais exercem, como você pode exercer um papel importante e de grande influência para a aquisição de um software jurídico? Digamos que você é um advogado em um escritório que ainda não utiliza o software e sabe que o sistema agregaria um grande valor ao negócio. Quais seriam os passos para comprovar para a gestão do escritório que a necessidade existe e que o escritório como um todo seria beneficiado com um sistema?

Apontar os benefícios que o software trará para os usuários

Os usuários do sistema, em sua maioria os advogados que atuam nos processos, são beneficiados com mais organização e agilidade em suas rotinas. Muitas tarefas que antes eram feitas de forma manual passam a ser automáticas, e outras coisas que levavam muito tempo, como encontrar uma informação, passam a ser instantâneas.

Além das vantagens individuais, um software jurídico também impacta na colaboração da equipe, que passa a trabalhar de maneira muito mais integrada.

Tudo isso reflete diretamente na produtividade do escritório como um todo.

Apontar os benefícios que o software trará para a gestão

Os benefícios dos usuários também impactam para a gestão, afinal uma equipe mais produtiva é também mais lucrativa. As informações organizadas dentro de um sistema contribuem para as análises que influenciam nas tomadas de decisão da gestão da empresa.

Analisar a saúde financeira, o histórico os processos, dos clientes, da equipe, fazer análises de desempenho em tempo real e até prever o futuro com mais segurança são itens que podem ser alcançados pela gestão da empresa através do uso de um software jurídico.

Está em suas mãos levantar e comprovar as necessidades e efetuar os processos que impactarão na implantação de um software que fará toda a diferença no escritório de advocacia ou departamento jurídico onde você trabalha.

Caso precise de alguma ajuda em seu processo, os consultores da Aurum estarão a disposição para ajudar-lhe.

Segurança da informação: seu departamento jurídico está protegido?

O volume crescente das informações digitais, bem como do uso de aparelhos eletrônicos, contribuem para o aumento da produtividade e da organização das pessoas e empresas, mas podem ser portas abertas para as ameaças, não apenas externas à empresa, como também internas.

Os departamentos jurídicos tratam informações sensíveis e sigilosas que devem ser mantidas protegidas não apenas de acesso externo, como de outras pessoas da própria empresa.

Quando pensamos em segurança da informação, não devemos considerar apenas a proteção dos documentos, arquivos, dados e informações, mas também a contingência e a disponibilidade de todos esses recursos, pois as ameaças não estão relacionadas apenas às pessoas mal intencionadas que podem acessar essas informações, mas também aos desastres que podem ocorrer em qualquer local de trabalho.

Vamos citar alguns exemplos de formas que os departamentos jurídicos comumente tratam suas informações e quais os riscos e cuidados que devem ser considerados em cada uma delas:

 Controle de processos através de papel

Muitos advogados devem pensar: se eu deixar meus processos em papel, não corro o risco de ter minhas informações vulneráveis caso eu sofra um ataque hacker, ou algo do tipo. Neste caso, o advogado pode pensar que seus documentos estão protegidos ao trancá-los em um arquivo, ou até mesmo em um cofre. Mas, o que acontece no caso de um desastre, como um incêndio, por exemplo? Todos os processos de uma empresa são perdidos! E se o advogado responsável por um processo está viajando e está com a chave do arquivo, ou se ele mesmo está em outro local e precisa de acesso ao documento, qual é a disponibilidade dessa informação?

>> Neste caso, a vulnerabilidade é baixa, porém a contingência e a disponibilidade também. 


 Controle de processos através de Excel

Esse é o caso da maioria dos departamentos jurídicos, e talvez ofereça ainda mais riscos que o caso acima. Qualquer funcionário da empresa pode plugar um pendrive e levar todas as informações para outro local, ou até mesmo acessar a planilha através da rede.

O advogado pode pensar que sua planilha está protegida por uma senha que impede o acesso de qualquer outra pessoa, mas está enganado: os ataques hackers são cada vez mais poderosos, e não é uma grande dificuldade para um “profissional” como esse eliminar uma senha de uma planilha. Além disso, o que acontece caso o computador onde a planilha está sofre uma quebra, é formatado por engano, ou até mesmo é perdido ou roubado, como pode ocorrer com um notebook? Mais uma vez, todas as informações estão vulneráveis e podem ser perdidas com desastres que ocorrem frequentemente nas empresas.

Mesmo quando existe uma solução de backup na empresa, é muito difícil que ela abranja também os computadores dos usuários, pois o custo inviabiliza na maioria dos casos. Portanto, a vulnerabilidade da informação é alta e contingência continua baixa.

 Controle de processos através de software jurídico

Se o software jurídico é instalado unicamente no desktop do advogado, os mesmos problemas das planilhas tende a acontecer: informações são perdidas caso o computador sofra algum dano ou perda, além de ficar vulnerável a ataques.

Já no caso de uma solução mais robusta e profissional, o software jurídico possui apenas interface de acesso nos desktops, e todas as informações de processos ficam armazenadas em servidores – como é o caso do Themis. O ambiente de servidores de uma empresa é muito mais seguro e contingente do que o ambiente dos desktops de usuários, e normalmente possui uma série de recursos dos quais podemos destacar: firewall, antivírus, replicação de dados, restauração, backup, criptografia, entre vários outros que reduzem os riscos de ataques, garantem que a informação continuará existindo mesmo no caso de um desastre e que estarão disponíveis, com o mínimo de impacto, caso ocorra uma falha em algum equipamento.

Concluímos então que a solução mais segura, que oferece menos riscos e vulnerabilidade e mais contingência e disponibilidade é o software jurídico que trabalha no modelo cliente-servidor, mantendo as informações armazenadas nos servidores da empresa, como é o caso do Themis.

Aurum Software apresenta balanço de 2012

O ano de 2012 foi decisivo para a Aurum Software. A empresa, que completou 19 anos de atuação no mercado brasileiro, sempre teve como visão posicionar-se no mercado como o principal fornecedor de software jurídico do país, conquistou esse título ao permanecer uma empresa independente e focada exclusivamente no desenvolvimento de software para o mercado jurídico.

Além de manter o seu foco, a Aurum expandiu sua carteira de escritórios de advocacia e departamentos jurídicos, levando o Themis não apenas para as grandes empresas e bancas de advogados, mas também para os pequenos e médios escritórios de advocacia, que são maioria no país.

Conheça abaixo algumas das melhorias apresentadas pela empresa que contribuíram para o seu crescimento ao longo do ano: 

  • Novo modelo de contratação

Dentro da sua estratégia de expansão para as pequenas e médias empresas, a Aurum Software consolidou seu modelo de comercialização através de planos – que atendem dos maiores escritórios de advocacia e departamentos jurídicos até escritórios com apenas 3 advogados – e apresentou um modelo de contratação inovador no mercado, via assinatura mensal, que não implica em custos iniciais com licenciamento.

  • Nova identidade visual do Themis

Comprovando seu investimento em melhoria contínua no Themis, a Aurum apresentou uma nova identidade visual do produto, que pode ser visualizada na imagem abaixo. A identidade, mais clean e objetiva, foi baseada em diversos estudos e pesquisas realizados com usuários do Themis – seu objetivo é melhorar e enriquecer a experiência dos profissionais que utilizam o produto no seu dia a dia.

 

  • Serviços online e gratuitos para clientes:

e-Trainings – a modalidade online de treinamentos do Themis passou a ser gratuita para clientes ativos da Aurum, que podem atualizar os conhecimentos de sua equipe para obter o melhor desempenho possível no uso do sistema.

Suporte técnico online – além do suporte telefônico, os clientes passam a ter mais um canal de relacionamento com os técnicos da Aurum para obter mais agilidade em casos menos complexos, como dúvidas e pequenas dificuldades no uso do sistema.

Emissão de boletos online – para aumentar a conveniência dos clientes, em setembro, além do envio de faturas via correio, a Aurum passou a emitir as faturas eletronicamente para os clientes através de e-mail. Desta maneira, ampliamos as formas de envio e também reduzimos imprevistos com extravios dos impressos.

Andamentos online – o serviço tão útil para os advogados, anteriormente cobrado a parte, passa a fazer parte da assinatura do Themis, possibilitando que cada advogado tenha até 100 processos vinculados para recebimento automático dos tribunais.

A Aurum Software mira um crescimento ainda mais ousado para o ano de 2013, mantendo seus investimentos em inovação e melhoria continua para garantir que os clientes estejam sempre respaldados com o que existe de melhor no que diz respeito a serviços e tecnologia 100% nacional para o mercado jurídico.

Organização: fator decisivo no planejamento estratégico dos escritórios de advocacia

Quando pensamos nos aspectos importantes para um negócio jurídico, logo pensamos no nível de especialização de seus advogados nas áreas do direito, a percepção do mercado em relação à imagem e reputação do escritório, como anda o relacionamento com seus clientes, entre outros aspectos sempre voltados para a “linha de frente” do escritório, ou seja, o que é enxergado de fora para dentro. Mas, quão importante é o BackOffice que sustenta toda estratégia? Ele está recebendo o devido peso nesse planejamento?

Nas estratégias para o crescimento do escritório, não é suficiente incluir apenas iniciativas para atrair novos clientes e aumentar a receita nos clientes existentes. É preciso olhar para a retaguarda do escritório e avaliar se a capacidade existente é suficiente para atender o plano de crescimento, e quais recursos serão necessários para tal. Mais do que isso, é importante buscar formas de otimização que permitam ir mais longe sem aumentar recursos e custos, de modo a aumentar a eficiência do que já está disponível.

Sob essa ótica, afirmamos que existe um fator que pode ser extremamente estratégico para 2013: a organização.

A organização é fator vital para o escritório de advocacia que busca crescimento estruturado e sustentável, pois sua ausência afeta, principalmente, a qualidade dos serviços. Se não existe qualidade de serviço, os novos clientes conquistados servem apenas para tapar o buraco deixado pelo último cliente perdido e isso se torna um ciclo vicioso que impede o crescimento e afeta a imagem no escritório no longo prazo – todos os objetivos do plano de negócios vão por água abaixo.

A advocacia é um segmento de mercado que lida com confiabilidade e qualidade de serviço, portanto sua organização é tão importante quanto sua especialização. Um exemplo disso é que as grandes empresas, cada vez mais, realizam auditorias para homologar os escritórios de advocacia que atenderão seus processos, e a organização, entre outros fatores como saúde financeira e reputação no mercado, é extremamente importante.


Como avaliar se um escritório de advocacia é organizado? 

  • As informações estão sempre à mão: Informações de processos e de clientes são fáceis de serem localizadas, sem que seja preciso buscar em pastas físicas, troca de e-mails etc., o que acaba despendendo muito tempo de equipe.
  • Não ocorrem perdas de informações: Seja por ocorrência de falha humana, desastre natural, ou até mesmo um roubo no escritório, as informações estão protegidas em local seguro.
  • A gestão tem o controle do presente e do futuro: Os sócios do escritório têm as informações que precisam para tomar as decisões do dia-a-dia, bem como para saber a direção que o escritório está caminhando.
  • O escritório possui continuidade do negócio: Caso ocorra um imprevisto que pare o funcionamento, o escritório é capaz de continuar operando sem afetar a qualidade dos serviços e o atendimento ao cliente.
  • Os aspectos administrativos estão sempre em dia: Contas a pagar e a receber, fluxo de caixa, timesheet de advogados, cobrança de pagamentos atrasados, solicitações de reembolso e até mesmo a agenda dos advogados.

Sinônimo de organização é tecnologia, e o universo jurídico caminha para uma realidade cada vez mais digital. Embora ainda não seja possível transferir 100% da rotina física para digital, quanto mais próximo dessa realidade o escritório estiver, mais organizada e segura estão suas informações.

Para os escritórios de advocacia interessados em saber sobre as tecnologias disponíveis na atualidade que podem ser consideradas para o planejamento de 2013, acompanhem o blog que faremos um post especial na semana que vem. Até lá!

Como o Themis pode auxiliar um Departamento Jurídico

Um dos desafios do departamento jurídico é figurar como uma área estratégica da corporação, e não ser encarado como um apagador de incêndios ou até mesmo um gerador de custos. Para que um departamento seja estratégico, o trabalho precisa ser consultivo, pró-ativo e analítico.

Esse misto de qualidades necessárias para um departamento jurídico permite aos advogados, além de reduzir o número de processos, provisionarem um budget periódico para atender os processos que a empresa está envolvida, e só há uma forma de fazer isso de forma eficiente: Software jurídico.

Como a rotina do departamento jurídico não envolve apenas processos, como também contratos e outros trabalhos consultivos, o apoio de um software jurídico é fundamental, independentemente do tamanho da corporação ou do número de processos que ela está envolvida.

Para ser estratégico, o departamento jurídico precisa ir além apenas do trabalho técnico, mas fazer parte do negócio da corporação, estar integrado aos demais departamentos.

Listamos abaixo 5 tópicos essenciais para gestão eficiente do departamento jurídico estratégico:

  • Monitorar o trabalho dos escritórios de advocacia

Ter acesso aos processos que estão em andamento com diferentes escritórios de advocacia é essencial, e a melhor maneira de fazer isso é contar com um sistema que possui tecnologia para fazer o push dos andamentos dos tribunais e permite acessar processos via web. O push de andamentos do Themis permite que o advogado do departamento jurídico acompanhe os andamentos dos processos na tela do sistema e ainda programar que sejam exibidas notificações para facilitar a exibição, de modo a permitir que o departamento jurídico esteja sempre a par da atualização processual e ainda se antecipe ao escritório que o atende.

  • Provisionar despesas com processos

Um dos maiores diferenciais do Themis para um departamento jurídico é a funcionalidade que provisiona os valores dos processos, corrige valores com correção monetária e juros, e ainda balanceia os riscos de perda ou êxito da empresa. Esse balanço permite uma simulação muito próxima à realidade de quanto a corporação desembolsará com processos, o que possibilita ao departamento jurídico determinar metas e budget e ser pró-ativo no controle dos seus custos.

  • Gerenciar contratos

Independentemente do porte da corporação, além dos processos jurídicos que o departamento deve gerir, parte da rotina é dedicada a gestão de contratos, que envolve desde a elaboração até o acompanhamento do mesmo. Para facilitar todo esse trabalho, o Themis armazena os contratos junto a seus respectivos documentos, permite a vinculação de andamentos processuais e ainda a inserção de datas de vigência e vencimento para que a empresa não corra riscos de perder prazos.

  • Compartilhar informações com outros departamentos

Além da possibilidade de integração com sistemas de mercado, o Themis possui uma inteligência de negócio que permite aos profissionais extraírem praticamente quaisquer informações do sistema em forma de relatórios. Essa característica enriquece os advogados do departamento jurídico com informações estratégicas para fornecer feedback para outras áreas, como financeira e diretoria, e ainda embasar decisões no médio e longo prazo.

  • Obter informações estratégicas do negócio

Identificar as áreas que se envolvem em mais processos, bem como os motivos, para tomar medidas preventivas, como melhorias na operação e capacitação das equipes. Mensurar e compartilhar as causas ganhas também pode ser um diferencial para o departamento jurídico na estratégia da corporação. Para ter essas informações, é preciso realizar um trabalho consultivo, e isso é possível dentro do Themis.

Muitas empresas, algumas das maiores do país, trabalham com o Themis para tornar o seu departamento jurídico ainda mais estratégico e eficiente. Confira aqui algumas delas.

Novidades na versão 4.7.1.0 do Themis!

Lançamos nesta semana, novas funcionalidades para a versão 4.7.1.0 do Themis.

As novas funcionalidades da versão foram desenvolvidas com base em estudos de usabilidade e da experiência dos usuários do Themis.

Além do design moderno e amigável, os usuários poderão usufruir de funcionalidades que ajudarão significantemente no dia-a-dia de trabalho como menus de busca rápida, alertas de notificações, atalhos, entre outras novidades que foram desenvolvidas pensando na produtividade e organização de escritórios de advocacia e departamentos jurídicos.

 

Confira as novas novidades da versão 4.7.1.0 do Themis:

  • Menu de busca rápida: Mais agilidade aos usuários do Themis, criamos um menu de busca rápida na parte superior da tela que permite realizar buscas por pastas, títulos, participantes e números do processo. 


  • Menu inteligente:  Criamos um menu inteligente de acesso rápido aos recursos mais utilizados pelos usuários.  Além de ícones personalizados, agora o usuário poderá optar por utilizar o menu simplificado ou completo na barra lateral do Themis.
  • Help online: Ícone de acesso rápido para a tela de dúvidas e respostas do Themis. Consulta ao conteúdo de tutoriais, vídeos, FAQ, Lançamentos de versões etc.
  •  Notificações: Incluímos na parte superior da tela a funcionalidade de notificação, onde são exibidos os andamentos recebidos diretamente do Tribunal.

O processo de atualização é feito de maneira gradativa, e é necessário o agendamento prévio por parte do cliente. Para obter a atualização do sistema, o cliente deverá agendar com nosso departamento de implantação através do e-mail implantacao@aurum.com.br

Clientes com a manutenção em dia recebem as atualizações gratuitamente. Clientes inativos podem solicitar mais informações no e-mail faleconosco@aurum.com.br

Versão demonstrativa do Themis

O Themis não é um software que faz apenas busca de processos nos tribunais ou que faz apenas cadastro de processos e pessoas.

Trata-se de um software jurídico completo que fornece diversas funcionalidades para gerir a atividade jurídica do escritório de advocacia ou departamento jurídico.

Veja abaixo algumas funcionalidades do software:

  • Processos;
  • Andamentos;
  • Agenda;
  • Alocação de horas;
  • Despesas;
  • Honorários;
  • Gerenciamento de documentos;
  • Cadastro de pessoas;
  • Acesso via web (acesso aos dados do sistema de qualquer dispositivo com acesso à internet);
  • Integração com tribunais e diários oficiais (extração de andamentos e publicações para dentro do sistema).

Se você ainda não conhece o software jurídico Themis, ou já conhece, e gostaria de indicar o software, informamos que estas funcionalidades se encontram em nossa versão demonstrativa que está disponível em nosso site.

Nesta demonstração você terá: 

  • 30 dias de utilização;
  • 1000 cadastros de andamentos;
  • 100 cadastros de processos;
  • 150 cadastros de pessoas/usuários;
  • 100 cadastros de alocações;
  • 100 cadastros de honorários;
  • 100 cadastros de despesas;
  • 10 créditos para realizar buscas de processos em tribunais e integrar ao Themis.
Teste o Themis por 30 dias

Conveniência: Após o término do período de demonstração, ao optar pela contratação do Themis, todos os dados que forem cadastrados neste período serão mantidos e poderão ser utilizados normalmente.