Exibindo posts com a tag: software jurídico web

Diferenças entre um software jurídico web e um software jurídico servidor/desktop

Existe uma tendência cada vez mais forte em tecnologia chamada cloud computing. Essa tecnologia, explicando de uma forma bem abrangente, nos permite armazenar nossas informações em ambiente externo (nuvem) e acessá-las com nossos dispositivos – PCs, notebooks, smartphones, celulares etc – através da internet.

Nos dias de hoje, é pouco provável que não tenhamos pelo menos um aplicativo na nuvem, mesmo que não saibamos. Por exemplo, uma conta de e-mail ou até mesmo um perfil em uma rede social são recursos que utilizam a nuvem, afinal, nossas informações ficam todas hospedadas nos servidores de outras empresas, e não em nosso computador.

A nuvem é a atualidade e o futuro da tecnologia, e já é realidade na maioria dos aplicativos utilizados pelas pessoas. Ninguém mais compra um software de prateleira, uma vez que existe uma gama muito ampla de opções na internet, muitas delas disponíveis de forma gratuita. Além disso, dispositivos mais recentes, como tablets, já não possuem entrada para CD-ROM.

Trazendo esse assunto para a realidade dos negócios jurídicos, os advogados já desfrutam de muitas tecnologias que fazem uso de cloud computing. Recentemente, temos visto também novas opções de software jurídico web que surgem no mercado, com uma abordagem voltada para o cloud computing. Mas, como um escritório de advocacia ou departamento jurídico saberá se esse software é adequado para o seu negócio? Bem, vamos explicar:

Seja no mercado jurídico, ou em qualquer outro segmento de mercado, existem softwares que possuem décadas de existência e amadurecimento, como é o caso do Themis. Ao longo dos anos, esses softwares cresceram, receberam muito know-how de negócios e características para atenderem clientes de vários perfis e exigências. Tanto a tecnologia do software, quanto os dados e informações dos clientes que o utilizam, torna-se maduros e robustos – ou seja, um legado.

Apesar de estar em grande evidência, o cloud computing é uma tecnologia relativamente recente e já existem vários aplicativos que funcionam muito bem para diversas necessidades, porém ainda pouco se vê a respeito de ERPs e softwares mais robustos capazes de fazer a gestão completa de um negócio de uma grande ou média empresa.

Para o mercado jurídico, existem algumas opções de software jurídico web (ou cloud), porém nenhuma com a capacidade de abranger completamente a gestão jurídica e administrativa de um escritório de advocacia ou departamento jurídico de porte. São softwares mais enxutos, que podem atender um advogado autônomo ou até mesmo uma pequena sociedade de advogados que precisa controlar suas atividades e efetuar a cobrança dos clientes.

A resposta às novas tecnologias de um software maduro como o Themis é agregar novas funcionalidades para manter-se atual, e ao mesmo tempo robusto, tais como: acesso com de dispositivos móveis através versão mobile; serviço de busca de andamentos que utiliza a internet para capturar informações e alimentar o sistema automaticamente; interface web para possibilitar acesso às informações através de outras localidades, ou até mesmo fornecer acesso a um cliente.

A conclusão que chegamos é que os softwares jurídicos web que surgem no mercado podem atender necessidades mais simples e apoiar o profissional individualmente, mas não gerir o negócio como um todo. Para escritórios de advocacia que precisam ser geridos como um negócio, considerando a administração financeira, e departamentos jurídicos corporativos, apenas uma solução como o Themis é capaz de abranger todas as necessidades. Neste caso, é importante que o escritório ou departamento selecione um desenvolvedor que possui tempo de mercado e continua fornecendo atualizações e novas funcionalidades que tornam o software sempre up to date.