Os melhores filmes para advogados (Não deixe de assitir o #3)

Filmes para advogados

Assim como ler livros e jornais, assistir filmes também é uma forma de consumir cultura, ampliar o vocabulário e lapidar o conhecimento. É importante estar inteirado de ponta a ponta sobre tudo o que tange o universo jurídico, seja você um estudante de direito, um advogado recém formado ou com ampla experiência no setor, ou mesmo trabalhe com marketing jurídico, parte administrativa e afins.

Muitas vezes, consumir outras formas de linguagem, como a cinematográfica, abrem a nossa mente para reflexões em cima de temáticas importantes, não só para o direito, mas para a vida. Nós da Aurum, acreditamos que cultura e conhecimento é essencial para manter bons relacionamentos e coordenar os negócios, por isso, elencamos 4 filmes para advogados que você não pode deixar de assistir – programe seu final de semana – você pode aproveitar as dicas do nosso artigo anterior – e não esqueça de comprar a pipoca:

Advogado do diabo

1. Advogado do diabo

O jovem advogado Kevin Lomax, interpretado por ninguém menos que Keanu Reeves, possui um ótimo currículo é convidado a trabalhar em um caso milionário, no qual seu cliente é acusado de matar a esposa, o enteado e a empregada. No decorrer do filme, ele se dá conta de que o sócio do escritório de advocacia, John Milton, interpretado por Al Pacino, possui um lado misterioso, sobre o qual fica instigado a descobrir.

Bom, o filme demonstra uma situação muito comum e arriscada, que é a linha tênue entre a lei e a falta de ética. Podemos interpretar em outras palavras, que o filme diz que todos merecem uma defesa técnica, desde que haja ética por parte da defesa, um princípio básico do direito. Ao final, o filme leva a pensar o que vale mais: o dinheiro, a fama ou os princípios éticos de um advogado?

Erin Brockovich

2. Erin Brockovich – Uma Mulher de Talento

Erin é arquivista de um escritório de advocacia de grande porte, interpretada por Julia Roberts. Ao decorrer da história, ela se interessa pelo caso de uma empresa de eletricidade, cujos dejetos estavam contaminando a água de uma pequena cidade, e durante anos, reúne provas para abrir uma ação judicial contra a companhia. Nós, particularmente, gostamos bastante desse filme, pois, apesar de nunca ter se tornado advogada formalmente, Erin mostra que o envolvimento pessoal e sua persistência em busca da verdade, são essenciais para o sucesso no exercício jurídico.

Assim como acontece aqui na Aurum, muitos de nós não somos advogados, porém, estamos todos engajados em uma mesma causa: melhorar o Themis, cada um com suas respectivas competências e habilidades, contribuindo tanto para a parte técnica quanto para a frente de negócios.

Rainmaker

3. Rainmaker – O Homem Que Fazia Chover

O recém formado em direito Rudy Baylor, interpretado por Matt Damon, em busca por seu primeiro emprego, consegue como única oportunidade imediata trabalhar em um escritório de má reputação. Como um de seus primeiros casos, precisa advogar contra uma companhia de seguros para que seus clientes consigam pagar o transplante de medula óssea do filho. No decorrer da história, Rudy se apaixona por uma mulher casada, cujo marido já a atacou diversas vezes e assim a história se desenrola.

Para nós, esse filme transmitiu o quanto a profissão de um advogado pode ser prejudicada, quando é exercida desonestamente, prova disso é o próprio protagonista, que apesar de inexperiente, transmitiu toda a essência do filme, embasado nos princípios que regem o exercício jurídico, como legalidade, impessoabilidade e ética.

David Gale

4. A Vida de David Gale

David Gale, interpretado por Kevin Spacey, advogado e ativista contra a pena de morte, é injustamente acusado e condenado à pena contra a qual sempre lutou por estupro e assassinato de uma colega. O filme tem uma linguagem psicológica, relatando fatos do passado e convertendo-os em uma breve história em que Gale fornece a entrevista a uma jovem jornalista, a qual ele pede que faça e publique sua última entrevista.

Esse filme vem de encontro com polêmicas que presenciamos quase que diariamente na televisão, sobre a pena de morte. Acreditamos que as opiniões sobre a pena de morte são muito divididas: enquanto alguns acreditam que o tráfico de drogas não é motivo suficiente para uma pena de morte, outros acreditam que sim. Enfim, gostaríamos de saber: qual a sua opinião sobre o estabelecimento da pena de morte e como você enxerga casos como os dos brasileiros acusados de tráfico de drogas que vivenciaram essa situação na indonésia?

Quando você terminar de assistir à esses 4 filmes, podemos recomendar outros como O Poder e a Lei, Filadélfia, 12 Homens e uma Sentença e o brasileiríssimo Carandiru, que ajuda com reflexões sobre o sistema penitenciário brasileiro. Já assistiu a algum desses filmes e gostaria de compartilhar suas reflexões conosco?