eSocial: Por que implementar na sua empresa?

esocial-por-que-implementar

Seguindo a forte tendência de migração do papel para o digital, após tecnologias como SPED (Sistema Público de Escrituração Contábil), NF-e (Nota Fiscal Eletrônica), andamentos automáticos dos Tribunais, entre outras que integram sistemas de informação das empresas com órgãos públicos, surge uma iniciativa chamada eSocial.

O eSocial (Sistema de Escrituração Fiscal Digital das Obrigações Fiscais Previdenciárias e Trabalhistas) é um sistema de folha de pagamento digital que faz parte do SPED. Ele promete mudar a forma como as empresas brasileiras lidam com obrigações fiscais, tributárias e trabalhistas e, quando estiver em pleno funcionamento, unificará o envio dos dados dos trabalhadores para o governo federal e permitirá que empresas prestem informações em uma única vez. Como o meio é totalmente eletrônico, deverá reduzir drasticamente a papelada relacionada.

Como o eSocial será obrigatório e já está em processo de implantação, as empresas estão buscando informações e soluções para adequarem-se e estarem em conformidade. O cronograma dessa implantação é progressivo, tendo data de inicio a partir de outubro de 2014 por grandes empresas, com receita anual acima de R$78mi,  para posteriormente ser adotado por médias e pequenas empresas a partir de janeiro de 2015.

Toda essa informação pode não ser uma novidade para nossos clientes, afinal, os advogados estão sempre atentos a esse tipo de mudança. A grande novidade que trazemos é que nós estamos em fase de conclusão da integração do Themis com o eScocial e, mais uma vez, saímos na frente no mercado!

Themis integrado com o eSocial

Essa integração possibilitará que nossos clientes usufruam dos benefícios do eSocial – desburocratização de procedimentos fiscais, previdenciários, tributários e trabalhistas – e estejam em conformidade com os órgãos reguladores de maneira integrada com as informações existentes em seu sistema de gestão – o Themis.

Nossa proposta com essa integração é tornar o Themis cada vez mais abrangente para as necessidades dos clientes, evitando o uso de sistemas e controles paralelos e que não se comunicam. Desta forma, agregando ainda mais produtividade e informações unificadas para que os negócios jurídicos foquem em seu exercício.

Deseja mais informações sobre essa integração?

ctal

 

 

Referências externas:

    • http://www.esocial.gov.br/Conheca.aspx
    • http://economia.estadao.com.br/noticias/economia-geral,tire-suas-duvidas-sobre-o-esocial,167408,0.htm