Contratos de honorários: Qual a forma mais rentável de cobrança?

Contratos de honorários: Qual a forma mais rentável de cobrança?

Artigo escrito por Fernando Liberato

Nós, da Aurum Software, não somos um escritório de advocacia, porém somos uma empresa de software que tem como objetivo organizar, otimizar e melhorar a rotina de escritórios de advocacia.

A questão da forma mais rentável de cobrança é presente em todos os escritórios, afinal, estamos falando da remuneração dos serviços prestados.

O fato é que a advocacia criou N formas de cobrança de seus clientes e estas formas, normalmente, são definidas pelo cliente ao fechamento do contrato.

O grande desafio está em identificar a maneira que este contrato é vantajoso para ambas às partes, seja de honorários fixos, remuneração por atividade, percentual baseado no resultado do processo, cobrança por hora ou até mesmo contagem de processos.

A identificação da relação custo / benefício deste contrato pode ser feita através de um bom sistema de gestão de processos, que mostra informações detalhadas sobre o mesmo e permite a avaliação se a quantidade de trabalho envolvida em cada um dos processos está satisfatória em relação ao valor pago pelo mesmo.

Com isto, recomendamos aqui algumas boas práticas para conseguir extrair estas métricas e renegociar contratos com os seus clientes:

– Toda e qualquer atividade relativa ao processo e/ou cliente deve ser lançada em seu sistema de gestão;

– Mesmo que não cobre por hora, utilize sempre que possível o recurso de cronômetro para informar o tempo que você gasta com suas tarefas;

– Não deixe, enquanto gestor, de criar a tabela de horas com o valor de cada profissional e associar isto ao perfil do usuário;

– Caso haja algum recebimento esporádico sobre o processo, isto deve ser obrigatoriamente lançado como honorários do processo;

– Todas as despesas devem ser registradas, sejam elas de pouca ou muita relevância;

– Não deixe de lançar o valor final do processo e o resultado do mesmo; Se possível, o faça por instância;

– Controle e garanta que toda a equipe do escritório utilize o sistema.

Em suma, não deixe de registrar e controlar uma informação por não considerá-la necessária para o seu contrato atual com este cliente. Ela será necessária numa possível renegociação dos valores do contrato.

Esperamos seguir contribuindo para uma maior produtividade em seu escritório, auxiliando-o no embasamento em dados extraídos do sistema de gestão jurídica para conseguir encontrar a melhor forma de cobrança de seus serviços.