Exibindo posts da categoria: Marketing Jurídico

Site para escritório de advocacia: um meio para atrair mais e melhores clientes

site para escritório advocacia

A internet mudou nossa forma de consumir e nos relacionar com as marcas. Hoje em dia, basta uma busca rápida no Google para encontrarmos produtos e serviços de nosso interesse, saber a opinião de outros compradores e fazer comparações entre os concorrentes. A forma como as empresas se posicionam online nos permite tirar conclusões sobre a qualidade do que é vendido e até criar um sentimento de proximidade ou distanciamento da marca.

Leia mais

Melhores práticas do marketing jurídico

praticas do markting jurídico
O papel do marketing é cuidar da imagem de uma organização diante do mercado e sobre tudo o que diz respeito à percepção do cliente e do público. Quando tratamos de escritórios de advocacia, a grande preocupação é o que diz respeito a negócios, ou seja, o marketing tem a função de alinhar o planejamento estratégico e todos os objetivos que precisam ser alcançados. A busca é por gerar mais leads e assim apoiar o crescimento em linha com a elaboração do projeto.

Leia mais

Saiba porque o relacionamento é a melhor ferramenta do marketing jurídico

relacionamento marketing juridico
Existem diversos receios e muros erguidos por advogados quando o assunto é pesquisa de clientes e ferramentas de marketing, alguns tabus dificultam o crescimento do escritório e atingem em cheio o faturamento. Muitos desses impasses criados em relação ao quesito “vendas” estão ligados a limites do Código de Ética do setor e outros estão ligados à crença de que a atividade de vender não tem nenhuma relação com a profissão de Direito. Poucos percebem que o advogado é um grande salesman.

Leia mais

Uma visão geral sobre o marketing jurídico em tempos de crise

Marketing jurídico

“Estudos provam que sinais de recessão estão cercando o mercado, e estima que o número de falências aumentou mais de 16% do ano passado pra cá.”

O mercado está em confronto direto com a crise brasileira e todos os profissionais estão sentindo as consequências, inclusive os advogados. Em momentos de crise, as empresas tendem a questionar-se em relação aos resultados e a diminuição dos negócios e, consequentemente, ao aumento da margem de pressão dos clientes para apresentar resultados à curto prazo. A redução de custos é, então, uma realidade dentro da maioria dos escritórios, e o orçamento de marketing costuma ser a primeira vítima.

Leia mais

Home office: 7 ferramentas essenciais para advogados que trabalham em casa

Homeoffice

Muitos profissionais têm a sensação de que 24 horas não são o suficiente para concluir as tarefas do dia, principalmente os advogados que, por natureza, possuem uma rotina repleta de atividades heterogêneas para cumprir. Conforme já falamos muito em nosso blog, é difícil para um escritório de advocacia atingir a produtividade desejada quando não utiliza um software jurídico, mas e quanto aos advogados autônomos ou pequenas sociedades? O que eles podem fazer para serem mais produtivos no seu dia-a-dia?

Leia mais

Trace o perfil do seu cliente ideal e guie melhor sua estratégia de marketing jurídico

Cliente ideal

Para nós aqui da Aurum, o marketing na rotina do advogado parte de um simples pressuposto: saber quem é seu cliente ideal e conseguir chegar até ele, antes que ele precise de um advogado. Infelizmente, esse é o oposto do que observamos os advogados fazendo em relação à marketing nos dias de hoje. Um exemplo: muitos advogados sabem o quanto o marketing de conteúdo é importante, não só para o jurídico como para a maioria dos negócios nos dias de hoje. Muitos perguntam-nos se devem utilizar o Facebook, escrever um blog ou se juntar a fóruns de discussão na internet. Isso é realmente importante, mas acaba se tornando vago, ao passo que o advogado não sabe para quem ele irá escrever, isto é, quem é o seu cliente ideal – é como se perguntar se é melhor utilizar o Adobe Photoshop ou o Microsoft Word para um projeto, antes de saber o que fazem esses programas.

Leia mais

Requisitos que um bom site de advocacia deve atender

Site de advocacia

O jurídico possui uma característica valiosa, da qual nem todos os mercados compartilham: a proximidade com o cliente. Assim como os médicos, os advogados criam relações com seu cliente que podem durar uma vida inteira, pois é pra ele que o cliente liga quando tem qualquer problema legal. As vantagens disso são claras e nem precisamos mencioná-las, mas você já parou para pensar em como atingir esse nível de relacionamento com o seu cliente? Profissionalismo, competência e confiabilidade são alguns dos segredos. Mas, para atrair um cliente e mostrá-lo suas qualidades, é necessário algo a mais. Pois bem, este “algo a mais” é justamente o seu site.

Leia mais

7 premissas para ser um advogado empreendedor

Advogado empreendedor

Apesar de possuir muitas especificidades que os outros negócios não possuem, o escritório de advocacia não deixa de ser uma empresa que, assim como outros, precisa de boa gestão. Por isso, mais do que conhecimento jurídico, o advogado deve possuir uma veia empreendedora para adaptar seu escritório às flutuações de mercado e pensar sempre em novas formas de operar os negócios jurídicos. Afinal, hoje, mais arriscado do que inovar, é ficar estagnado frente às mudanças do mercado e do mundo.

Leia mais

9 dicas de marketing jurídico para quem está começando

Marketing jurídico

A vida de um profissional de direito, seja ele o advogado ou o sócio do escritório, normalmente é muito voltada para o exercício jurídico e pouco para outras áreas, como marketing, tecnologia, RH, administração etc. O grande objetivo do marketing é gerar novos negócios para suportar o crescimento da empresa, em linha com o planejamento estratégico. Já o marketing jurídico faz a junção dos mundos, trazendo todos os objetivos de marketing existentes para uma organização e contrapesando-os com o que é pertinente ao escritório realizar.

Leia mais

O valor do conteúdo para a advocacia

Conteúdo para a advocacia

Possuir uma boa estratégia de conteúdo já se tornou parte do trabalho de muitas empresas, inclusive do jurídico. Hoje, o marketing de conteúdo não é mais uma moda da internet e veio para ficar nas atuais relações de consumo, mudando as decisões de grande parte do mercado. Entretanto, não basta sair escrevendo – ou copiar textos de outras fontes e colocar o link de referência no final da página -, isso não passa a menor credibilidade para o cliente. Montar uma estratégia relevante leva tempo e demanda intelecto e, apesar de ser uma ótima opção para atrair mais clientes e fidelizar os já existentes, ainda existe dificuldades no que se refere à aplicação das ações necessárias para adotar essa prática.

Leia mais