Antes e Depois: Controle de recebimento de honorários

Postagem da categoria 'Antes e Depois'

Como sabemos, no mundo da advocacia existem muitas formas de cobrança de honorários. Após acordá-las com o cliente, como controlar quando e qual o valor que o cliente deve pagar? Ou ainda, como controlar se ele pagou e, no caso de abatimento parcial, quanto pagou?

Aqui, mostramos a comparação entre quem usa o Themis para controlar os recebimentos de honorários e quem não usa.

Ao receber um valor sobre honorários de um determinado processo, o advogado faz a anotação na pasta física daquele processo. Para poder calcular a quantia a ser recebida até o final do mês, o advogado deve pegar pasta por pasta no arquivo físico e ver o quanto foi recebido de cada processo ou lançar o valor numa caderneta. Além de ter o trabalho de lançar o valor em dois lugares diferentes, o advogado ainda corre o risco de esquecer de um dos lançamentos e ficar com as informações desencontradas, o que o faz perder muito tempo na emissão de um relatório, por exemplo.

O advogado lança as parcelas pendentes e pagas no sistema, na ficha de cada processo. Depois disso, é possível abater parcialmente um honorário, gerar parcelas com o saldo a pagar e, também, pode gerar relatórios detalhados sobre o que foi recebido e o que ainda está pendente.

O seu escritório de advocacia tem algum problema com a gestão financeira? Conte-nos e lhe diremos como o Themis pode ajudar a solucioná-lo.